22/05/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Brasil sofre de novo, mas vence a Itália e leva o tetra da Copa dos Campeões

2 min read

Grupo brasileiro celebra o títul da Copa dos Campeões após a suada vitória sobre a Itália.

Do ZigZag do Esporte/Copa dos Campeões de Vôlei Masculino.

Divulgação/FIVB

Vôlei Masculino Copa dos Campeões Brasil Jogadores Comemoração Título 24/11/13
Grupo brasileiro celebra o títul da Copa dos Campeões após a suada vitória sobre a Itália

Após ter levado nova virada traumática da Rússia na penúltima rodada, a seleção brasileira masculina de vôlei sofreu para enterrar o fantasma na madrugada deste domingo. Os comandados de Bernardinho chegaram a abrir 2 sets a 0, mas permitiram a reação da Itália e tiveram de garantir a vitória apenas no tie-break, fechando em 3 a 2 (25/22, 25/22, 23/25, 20/25 e 15/11) e conquistando o tetracampeonato da Copa dos Campeões, no Japão.
Wallace, mais uma vez, foi o grande destaque brasileiro. O oposto marcou 28 pontos no duelo, mesmo bem marcado pelo bloqueio adversário. Após os dois primeiros sets relativamente tranquilos, o time verde amarelo viveu instabilidade e perdeu a chance de fechar o jogo sem maiores problemas: 2 a 1.

Divulgação/FIVB

Vôlei Masculino Copa dos Campeões Brasil Lucão Bruninho Itália Ivan Zaytsev 24/11/13

No quarto set, a equipe brasileira voltou melhor e incomodando o adversário com bloqueios eficientes. Porém, com Zaytsev inspirado, a Itália mostrou que tinha condições de enfrentar o Brasil de igual para igual e abriu de novo vantagem no marcador.

Diante da evolução da Azzurra, os brasileiros perderam a concentração e davam a impressão que poderiam ceder nova virada. Com duas alterações, o time de Bernardinho esboçou uma reação, mas ela não se concretizou e o jogo foi para o tie-break.

Com Lipe no lugar de Maurício e Eder no lugar de Sidão, o técnico brasileiro procurou manter o esquema em que a seleção havia se dado melhor no final do quarto set. A alteração seguiu dando certo no tie-break, o bloqueio voltou a funcionar, e o Brasil abriu 7 a 2. A vantagem foi bem administrada até Lucão definir a conquista da taça com o ponto derradeiro.

“Mais uma vez bobeamos no terceiro set, mas isso nos serve de lição. Fizemos um tie-break muito bom, estamos de parabéns e conquistamos o título”, comemorou Bruninho, capitão brasileiro.

 

Fonte: ESPN.com.br com Gazeta Press

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.