18/06/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Japão estuda reduzir tamanho do Estádio Olímpico de Tóquio

2 min read

A arena de Al Wakrah foi inspirado no “dhow”, tradicional embarcação qatari.

Do ZigZag do Esporte com agência EFE/Estádio Olímpico de Tóquio 2020.

Os responsáveis pelo futuro Estádio Olímpico de Tóquio 2020 revelaram nesta terça-feira que estudam reduzir o tamanho do centro esportivo devido à polêmica dimensão do faraônico projeto desenhado pela arquiteta Zaha Hadid.

A organização que administra o estádio, o Conselho de Esportes do Japão, disse nesta terça-feira que a magnitude do recinto olímpico poderia ser finalmente 222 mil metros quadrados, o que representaria uma redução de 70 mil metros quadrados com relação aos planos originais, segundo informou a agência “Kyodo”.

O anúncio acontece depois que membros da organização se reuniram hoje com um painel de especialistas para revisar o projeto original do estádio olímpicfo, que conta com 290 mil metros quadrados e uma capacidade de 80 mil espectadores.

O projeto de Hadid consiste em demolir o Estádio Nacional, construído para os Jogos de Tóquio de 1964, e substituí-lo por um novo com maior capacidade e magnitude.

Vários arquitetos e intelectuais japoneses criticaram duramente este faraônico projeto e iniciaram, no começo do mês, uma iniciativa que solicita ao Governo japonês que reduza a capacidade e a planta do estádio de Tóquio 2020.

O grupo de pressão sustenta que o projeto duplica ou triplica os estádios de outros Jogos como os de Atenas ou Londres.

Apesar da possível redução de tamanho anunciada hoje, a organização reiterou que a capacidade será mantida em 80 mil pessoas e não será rebaixada para 50 mil assentos permanentes sugeridos pelos especialistas em dita pedido.

Além disso, os responsáveis do estádio explicaram hoje que será mantido o plano de construir um teto retrátil ao considerar ser necessário para abrigar outras atividades não esportivas.

A gerente de recintos esportivos indicou que o orçamento total será mantido em 185 bilhões de ienes (ao redor de 1,3 bilhão de euros), embora segundo o Governo poderia chegar ao triplo.

A novas instalações olímpicas para os Jogos de Tóquio 2020 começarão a ser construídas em 2016 e está previsto que o estádio principal esteja terminado em março de 2019, a tempo para a realização da Copa do Mundo de Rugby que o Japão acolherá de setembro a outubro do ano em questão.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.