22/05/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Chega ao fim o Rio Open 2022; confira os vencedores.

2 min read

Por Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br

Alcaraz derrota Schwartzman e conquista o Rio Open aos 18 anos.

O jovem Carlos Alcaraz conquistou seu primeiro título de ATP 500 neste domingo. O espanhol derrotou o argentino Diego Schwartzman, na final do Rio Open.

Com parciais de 6/4 e 6/2, o tenista garantiu a conquista na quadra de saibro do Jockey Club. Com o resultado, ele subiu nove posições no ranking e entrou no top 20, com apenas 18 anos.

Alcaraz aproveitou sua boa forma para vencer uma maratona nos últimos dias. Por conta das fortes chuvas, alguns jogos foram adiados e, por isso, o atleta precisou entrar em quadra três vezes nos últimos quatro dias.

Em sua campanha, o jovem encarou o compatriota Jaume Munar, além de Federico Delbonis, Fabio Fognini e o apontado como favorito ao título, Matteo Berrettini.

O atleta tornou-se, então, o tenista mais jovem e o terceiro espanhol a vencer a competição, depois de Rafael Nadal e David Ferrer.

 

Bruno Soares e Jamie Murray perdem decisão do Rio Open.

O brasileiro Bruno Soares e o inglês Jamie Murray foram derrotados na final de duplas do Rio Open, neste domingo. Os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini venceram por dois sets a um, sendo 7/5, 6/7 e 10/6.

A dupla iniciou bem o confronto, mas acabou sendo derrotada no primeiro set. No segundo, Bruno e Jamie levaram a melhor, sobretudo por conta dos saques de Murray.

No entanto, a dupla italiana se sobressaiu no último set e chegaram a abrir 6/1 no super tiebreak, tornando difícil a reação dos adversários.

Esta foi a terceira derrota consecutiva da dupla para Bolelli e Fognini na temporada. As outras duas ocorreram no ATP de Sydney e no Australian Open.

Na semifinal, eles superaram o argentino Horacio Zeballos e o espanhol Marcel Granollers, campeões do torneio em 2020 e favoritos ao título na atual edição.

O Brasil teve representantes na final de duplas em duas edições do Rio Open – em 2014, Marcelo Melo e o espanhol David Marrero foram vice, mesmo resultado de Rogério Dutra Silva e Thomaz Bellucci em 2019. Bruno fez cinco semifinais do torneio, duas ao lado de Murray, em 2017 e 2018.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.