29/11/2023

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Internacional 2 x 0 Bahia – Renato Paiva e seus comandados recuscitaram mais um. Veja os detalhes de mais uma derrota do Bahia !

4 min read

Por Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br

Mesmo sem jogar bem, o time gaúcho se superou em termos de garra e dedicação, marcando com Johnny e nos acréscimos com Wanderson.

Internacional deu fim à série de quatro derrotas consecutivas no Campeonato Brasileiro, ao bater o Bahia por 2 a 0, neste domingo à tarde, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo sem jogar bem, o time gaúcho se superou em termos de garra e dedicação, marcando com Johnny no começo do segundo tempo e com Wanderson nos acréscimos.

Com 10 pontos, o Internacional agora aparece em 12.º lugar. Esta foi sua segunda vitória na semana, porque quinta-feira superou por 2 a 1 o Metropolitanos, na Venezuela, assumindo a liderança do Grupo B da Copa Libertadores. O Bahia, que completou cinco rodadas sem vencer, continua com sete pontos, em 16.º lugar, bem perto da zona de rebaixamento.

Para quem esperava um Internacional diferente, agressivo e vibrante acabou se decepcionando. O Colorado foi um time lento, com muitos erros de passes e nenhuma finalização. O Bahia, ao contrário, chegou com perigo no ataque e aos 15 minutos, Biel ganhou a dividida, invadiu a área e chutou cruzado. A bola tocou na trave e saiu.

Três minutos depois, o goleiro John Victor mostrou sua capacidade ao se esticar todo para espalmar uma cabeçada de Everaldo que, com certeza, entraria no gol. Depois disso, o Internacional ainda conseguiu equilibrar as ações no meio-campo, mas sem nenhuma inspiração.

No segundo tempo, o Internacional voltou com duas mudanças. Entraram Wanderson e Renê, respectivamente, nos lugares de Alemão e Thauan Lara. Mais do que isso, o time começou no ataque a abriu o placar aos três minutos. Do lado esquerdo, Wanderson fez o levantamento em direção à pequena área, Pedro Henrique desviou de cabeça e a bola sobrou do lado direito para Johnny. O norte-americano ajeitou a bola no peito e bateu no alto: 1 a 0.

Um gol muito comemorado pelos jogadores e, como sempre, com muita vibração de Mano Menezes, que braços cerrados para o alto. Esta foi a primeira chance do colorado no jogo, comprovando a falta de criatividade e de pouca eficiência do ataque, ainda o pior do Brasileirão.

Mas depois disso, o Internacional recuou, mesmo porque o Bahia também empurrou o time da casa para seu campo defensivo. O técnico Renato Paiva abriu mão do esquema com três zagueiros, tirando David Duarte para a entrada de Ademir. Aos poucos, os baianos foram criando chances para empatar. Aos 30 minutos, Ademir chutou cruzado e John Victor desviou antes que Biel completasse para as redes.

EM CIMA DA LINHA

Quatro minutos depois, outra chance incrível. Após escanteio, Rezende desviou de cabeça e John Victor desviou de leve, mas a sobra na pequena área ficou para Thaciano, desequilibrado, tentar o gol com o corpo. O goleiro colorado se recuperou, voltou e encaixou a bola no peito em cima da linha de gol. Um lance revisado pelo VAR.

Visivelmente desgastado no aspecto físico, o Internacional se defendeu até o final. Desta vez, pelo menos, saiu de campo vitorioso. Nos acréscimos, aos 53 minutos, contou com a sorte para marcar o segundo gol. Johnny arriscou de longe, a bola desviou nas costas de Vitor Hugo e sobrou no meio da área para Wanderson, que chutou forte e decretou 2 a 0 no placar.

COPA DO BRASIL E BRASILEIRÃO

No meio de semana, os dois times vão decidir uma vagas nas quartas de final da Copa do Brasil. O Internacional. Quarta-feira, às 21h30, vai receber o América-MG precisando reverter a derrota por 2 a 0. No mesmo dia, Mas às 19h, o Bahia vai receber o Santos precisando de uma vitória simples para avançar, porque na ida segurou o empate sem gols.

Pelo Brasileirão, no outro final de semana, o Internacional vai enfrentar o Santos, na Vila Belmiro, sábado (3), às 21h. O Bahia vai atuar na Arena Castelão diante do Fortaleza, também sábado, mas às 16h.

GOLS E OS MELHORES MOMENTOS:

FICHA TÉCNICA:

Sport Club Internacional

John Victor;
Rômulo (Igor Gomes), Rodrigo Moledo, Nicolás Hernández e Thauan Lara (Renê);
Gustavo Campanharo, Johnny, Carlos de Pena e Alan Patrick;
Pedro Henrique (Luiz Adriano – Lucca) e Alemão (Wanderson).

Técnico: Mano Menezes

 

Esporte Clube Bahia

Marcos Felipe;
Kanu, David Duarte (Ademir) e Vitor Hugo;
Vitor Jacaré, Thaciano, Cauly, Rezende e Jhoanner Chávez (Ryan);
Everaldo (Vinícius Mingotti) e Biel

Técnico: Renato Paiva

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.