10/12/2023

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Morre Silvio Berlusconi, dirigente que contratou brasileiros e fez história no Milan. ENTENDA O FATO !!

3 min read

File photo dated 03/11/11 of former Italian Prime Minister Silvio Berlusconi who died on Monday, shown here waving when leaving after the first day of a G20 Summit in Cannes, France. Photo by Icon Sport

Por Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br

 Ao longo de 31 anos, Berlusconi recuperou o prestígio do clube e acumulou a contratação de jogadores brasileiros.

Silvio Berlusconi, ex-primeiro-ministro da Itália, morreu nesta segunda-feira, aos 86 anos. Ele havia sido diagnosticado com leucemia em abril e passou os últimos dois dias internado para realizar exames de rotina, mas seu estado de saúde piorou. Além da estreita relação com a política, o polêmico magnata da mídia italiana ficou marcado pelo seu período à frente do Milan.

Ao longo de 31 anos, Berlusconi recuperou o prestígio do clube e acumulou a contratação de jogadores brasileiros. Entre eles, Alexandre Pato foi casado com a sua filha e se tornou o atleta mais próximo do cartola rossonero.Berlusconi comprou o Milan em 1986, quando o clube enfrentava grave crise financeira e não vencia um título nacional desde o final da década anterior.

Com as contratações do badalado técnico Arrigo Sacchi e dos craques holandeses Marco van Basten, Ruud Gullit e Frank Rijkaard, além da revelação dos jovens Paolo Maldini e Carlo Ancelotti, o Milan se tornou referência na Europa ao vencer três vezes a Copa dos Campeões (atual Liga dos Campeões), duas vezes o Mundial e diversos outros títulos na Itália. O sucesso do time ajudou a catapultar o nome de Berlusconi, que assumiu o cargo de premiê em 1994, ficando até 2011.

BRASILEIROS

A partir da década de 1990, Berlusconi focou na contratação de jogadores brasileiros. Dos 29 atletas que vestiram a camisa do clube, 26 foram contratados pelo magnata italiano. André Cruz, Leonardo e Serginho foram alguns dos atletas que chegaram à equipe antes da virada do milênio.

Nos anos 2000, uma série de atletas marcaram época no Milan: Dida, Cafu, Kaká, Emerson, Rivaldo, Roque Jr., Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Ricardo Oliveira, Alexandre Pato e Thiago Silva.

Kaká foi o brasileiro mais bem sucedido com a camisa do Milan na Era Berlusconi. Além de empilhar prêmios individuais, incluindo a Bola de Ouro de 2007, o ex-meio-campista conquistou o Campeonato Italiano (2003/04), Supercopa Italiana (2004), Liga dos Campeões (2006/07), Mundial de Clubes (2007) e Supercopa Uefa (2003 e 2007). Além do meia, a equipe ficou marcada pela presença de outros craques.

Depois de levar o Milan à 29 títulos, Berlusconi teve um ocaso discreto no clube, sendo culpado por torcedores pelo fim do protagonismo do time no futebol europeu e o envelhecimento do elenco.

Em seus últimos anos como proprietário do Milan, ele chamou a atenção dos brasileiros pelo fato de sua filha, Barbara Berlusconi, namorar o atacante Alexandre Pato. O casal ficou junto entre 2011 e 2013. Atualmente, o jogador veste a camisa do São Paulo.

Berlusconi vendeu o Milan a um consórcio chinês, em abril de 2017, por cerca de 740 milhões de euros (R$ 3,8 bilhões, na cotação atual).

No ano seguinte, ele comprou 100% das ações do Monza, que alcançou o acesso para a primeira divisão em 2019. Berlusconi tinha uma fortuna de quase 7 bilhões de dólares (R$ 34,2 bilhões).

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.