14/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Pênaltis, gols de Ronaldo e isqueiro na cabeça: Real vence a 8ª seguida na casa do Atlético e espera Barça na final

3 min read

O Real Madrid precisou de dois pênaltis e 16 minutos nesta terça-feira para acabar de vez com a ilusão do rival Atlético de Madri de avançar à final da Copa do Rei. Neste período, Cristiano Ronaldo marcou duas vezes da marca da cal e garantiu a vitória por 2 a 0 dos visitantes no Estádio Vicente Calderón. Resultado mais que suficiente para classificar o time branco, que já havia ganhado por 3 a 0 no duelo de ida das semifinais.

Foi o oitavo triunfo consecutivo dos merengues no clássico na casa do adversário. Desde 1999, há 24 partidas, o Atlético não sabe o que é bater o Real no Calderón, ainda que viesse de duas vitórias importantes no dérbi: na temporada passada, na final desta mesma Copa do Rei e no primeiro turno do atual Campeonato Espanhol. Os dois jogos no Santiago Bernabéu.

Reprodução

Momento em que isqueiro amarelo atinge a cabeça de Cristiano Ronaldo
Momento em que isqueiro amarelo atinge Ronaldo

O Real deve ter pela frente na final um novo arquinimigo, o Barcelona. Os catalães anotaram 2 a 0 sobre a Real Sociedad, em casa, nas outras semis e jogam a partida volta nesta quarta-feira. Real e Barça decidiram a Copa do Rei em cinco oportunidades, e os madrilenhos venceram duas taças, a última delas em 2011. A decisão em duelo único acontece em 19 de abril.

O jogo

O resultado da partida de ida fez com que ambos os times colocassem formações mistas para o confronto. Afinal, as duas equipes e o Barcelona estão empatados com 57 pontos na liderança do Campeonato Espanhol e têm compromissos pela liga no final de semana. O Atlético recebe o Valladolid no sábado, e o Real visita o Getafe no domingo.

Getty

Raúl Garcia acerta Xabi Alonso durante Atlético x Real
Raúl Garcia acerta Xabi Alonso durante Atlético x Real

Atlético jogou sem Courtois, lesionado e sem Juanfrán, Godín, Arda Turan, Gabi, poupados e Diego Costa, suspenso. O Real poupou Pepe, Coentrão, Jesé, Di María e Benzema.

Logo aos cinco minutos, qualquer esperança que restava ao Atlético foi por terra ao Manquillo, jovem lateral direito de 19 anos revelado pelo Atlético, tropeçar em Cristiano Ronaldo dentro da área e cometer pênalti. O português mesmo cobrou e aumentou para 4 a 0 a vantagem de Real no agregado.

A torcida ‘colchonera’ manteve o ânimo e por pouco não viu Raúl Garcia empatar em belo chute da entrada da área – bateu na trave. Aos 14, porém, foi a vez de Insúa cometer penalidade após carrinho por trás em Bale. Cristiano Ronaldo fez o segundo dele e dos visitantes. Ele se tornou o artilheiro do torneio com cinco gols.

O português participou dos outros dois momentos de tensão do primeiro tempo, nenhum deles envolvendo o futebol propriamente dito. Pouco antes do intervalo, o atacante trombou com Manquillo pelo alto, o defensor deu uma pirueta no ar e caiu de cabeça no chão, assustando os demais jogadores. O lateral voltou à partida, mas acabou sacado no intervalo e passará por exames médicos para identificar a gravidade do problema. A estrela do Real recebeu cartão amarelo.

Getty

Bale sofre pênalti de Insúa durante Atlético x Real, pela Copa do Rei
Bale sofre pênalti de Insúa

Na ida para o vestiário, Ronaldo foi atingido por uma pilha atirada da arquibancada e permaneceu estirado no gramado por alguns instantes. Voltou normalmente para o segundo tempo.

Aos poucos, Carlo Ancelotti foi tirando os titulares do campo. Sérgio Ramos, ainda por cima pendurado com o segundo cartão amarelo, deu lugar a Nacho. Em seguida, o ex-são-paulino Casemiro substituiu Modric.

 

Fonte: Espn

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.