18/06/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

GIRO PELOS CAMPEONATOS PELA EUROPA, INGLÊS, ALEMÃO, FRANCÊS E ITALIANO; CONFIRA.

6 min read

DoZigzagdoesporte por Carlos Mchado.

INGLÊS.

Com 3 gols de Yaya Touré e um de Fernandinho, City goleia e segue com chances de ser líder.

Getty

Yaya Touré comemora gol do Manchester City com Milner pela Premier League
Yaya Touré comemora gol do Manchester City com Milner pela Premier League

Campeão da Copa da Liga Inglesa e eliminado da Uefa Champions League, o Manchester City não teve muitos problemas para bater o Fulham por 5 a 0 neste sábado, no Etihad Stadium, em duelo válido pela 31ª rodada da Premier League.

Os dois primeiros gols dos Citizens vieram através de pênaltis. Aos 26 minutos do primeiro tempo, Alvaro Negredo sofreu falta dentro da área e Yaya Touré converteu, abrindo o placar em Manchester.

Na etapa final, David Silva sofreu pênalti de Amorebieta, que foi expulso pelo lance, e Touré novamente colocou a bola fora do alcance do goleiro adversário na cobrança da penalidade. O marfinense fez seu hat-trick aos 20 minutos do segundo tempo ao arriscar um belo chute de fora da área.

O brasileiro Fernandinho foi titular na equipe de Manuel Pellegrini e atuou durante os 90 minutos, e fez o quarto gol do City, aos 39 do segundo tempo. Aos 42, foi a vez do argentino Demichelis fechar a conta para o time de Manchester.

“Feliz pela vitória e pelo gol. Foi importante vencer bem hoje para chegar confiante no derby de terça-feira. A luta pelo título continua e o nosso time está vivo na competição. Parabéns a todos pelo jogo de hoje”, declarou Fernandinho, após a partida.

Com este resultado, o Manchester City sobe para a terceira posição e vai aos 63 pontos, deixando o Arsenal na quarta colocação. O City ainda pode assumir a liderança. Isso porque tem seis pontos a menos que o Chelsea, que detém a ponta no momento, mas tem três partidas a menos que os Blues.

Já o Fulham segue na última colocação da Premier League nesta temporada com apenas 24 pontos. O time de Londres está a quatro pontos de distância do West Bromwich, primeiro colocado fora da zona de rebaixamento.

Veja outros resultados deste sábado:
Everton 3 x 1 Swansea City
Hull City 2 x 0 West Bromwich
Manchester City 3 x 0 Fulham
Newcastle 0 x 0 Crystal Palace
Norwich City 2 x 0 Sunderland

Bayern ‘fura’ paredão do Mainz no fim, vence a 18ª seguida e prepara festa para terça.

Não estava fácil para o Bayern de Munique: atuando na Coface Arena, o time bávaro não conseguia furar o paredão do Mainz 05 chamado Loris Karius. O goleiro defendeu tudo o que poderia no jogo válido pela 26ª rodada do Campeonato Alemão, deixando um gosto amargo para o futuro campeão nacional. No entanto, Josep Guardiola tirou do banco os dois responsáveis por decidir a partida: Shaqiri e Gotze. Já nos minutos finais, o primeiro cruzou para o gol de cabeça de Schweinsteiger, e o segundo completou a linda jogada de Ribéry para garantir o 2 a 0, a 18ª vitória consecutiva do Bayern na Bundesliga, preparando a festa do título para a próxima terça, em Berlim, contra o Hertha.

O time de Munique sobe para 74 pontos, ampliando sua sequência invicta no campeonato para 51 partidas, e mantém os 23 de vantagem para o Borussia Dortmund, restando oito rodadas para o final da Bundesliga. O time aurinegro ganhou do Hannover por 3 a 0 fora de casa, mas o título já tem novo-velho dono. Para garanti-lo na terça sem dependerem de ninguém, os bávaros precisam de uma vitória sobre o Hertha no Estádio Olímpico de Berlim.

O Bayern, porém, quase se complicou. O Mainz teve ótimas chances na primeira etapa, tendo inclusive acertando o travessão de Manuel Neuer. O Bayern, “preguiçoso”, também criou oportunidades, porém melhorou e comandou as ações já no segundo tempo. Então, surgiu o monstro Karius, dono de defesas espetaculares em cabeçada de Mandzukic e chute de Ribéry.

Então, brilharam as jovens estrelas. Aos 36, Shaqiri cruzou da ponta direita na cabeça de Schweinsteiger, e o Bayern abriu o placar. Quatro minutos depois, em falha do zagueiro Stefan Bell, o meia francês driblou o goleiro, ergueu a cabeça e tocou para Gotze, livre na grande área, ampliar.

Getty

Gotze fuzila para marcar o segundo gol do Bayern de Munique em Mainz
Gotze fuzila para marcar o segundo gol do Bayern de Munique em Mainz

Quem teve vida mais fácil foi o Borussia Dortmund: vitória fácil por 3 a 0 diante do Hannover fora de casa. O zagueiro Mats Hummels fez o primeiro aos 43 da etapa inicial, enquanto o artilheiro Robert Lewandowski ampliou já aos 7 do segundo tempo, e Marco Reus fechou o placar nos acréscimos.

FRANCÊS.

Thiago Silva revela que sofreu fratura no rosto

Getty

Thiago Silva se lesionou
Thiago Silva se lesionou

Depois de ter deixado o gramado machucado ainda no primeiro tempo da vitória de sexta-feira diante do Lorient, pelo Campeonato Francês, o brasileiro Thiago Silva usou seu instagram para anunciar que sofreu uma lesão em um osso do rosto.

“Pessoal tive uma pequena fratura no osso zigomático .. nada que uma máscara de carbono não possa resolver rs .. bjo a todos e obrigado pela preocupação (sic)”, postou o zagueiro da seleção brasileira na rede social.

Ainda não é certo quanto tempo Thiago Silva irá ficar afastado dos gramados, se é que irá ter que ficar afastado. O zagueiro foi substituído pelo seu compatriota Alex na etapa inicial do jogo de sexta-feira.

O resultado conquistado na abertura da 30ª rodada do Francês levou os parisienses a 73 pontos, 11 a mais que o vice-líder Monaco, que no domingo recebe o Lille.

ITALIANO.

Crise do futebol italiano leva dirigentes a pedirem reformas.

Na iminência de mais uma temporada desastrosa na Europa, torcedores e dirigentes do futebol italiano se perguntam o que fazer por uma liga mergulhada em uma crise de identidade.

A Juventus é a única que sobrou nas quartas de final de uma competição europeia depois de eliminar a Fiorentina da Liga Europa na última quinta-feira, o Napoli cair para o Porto no mesmo torneio e o Milan sofrer a derrota humilhante de 5 a 1 para o Atlético de Madri nas oitavas da Liga dos Campeões.

Figuras líderes na Itália vêm pedindo reformas desde que a Alemanha arrebatou a quarta vaga da Itália na Champions em 2012, e com Portugal se aproximando do ranking de coeficiente na Uefa, mudanças urgentes são necessárias em um campeonato outrora visto como o mais difícil do mundo.

Getty

Osvaldo e a Juventus têm muito a lamentar o empate por 1 a 1 com a rival Fiorentina
Pablo Osvaldo, de volta ao futebol italiano após passagem fraca pelo futebol inglês

O diário esportivo Corriere Dello Sport publicou uma reportagem sobre os fracassos do futebol italiano, listando políticas de governo ruins, uma avalanche de jogadores e técnicos deixando o país e uma liga doméstica inchada como razões para o declínio. Mas Francesco Guidolin, treinador da Udinese, disse que pouco pode ser feito diante da superioridade de recursos no exterior.

“Como técnico, posso dizer que o porque de estarmos penando não é uma razão técnica. O problema é quase exclusivamente econômico”, afirmou. “Os melhores jogadores foram embora, atraídos pelo dinheiro e pela atmosfera de outros países. Lá fora eles ganham mais e sofrem menos pressão”.

O vice-presidente da Federação Italiana de Futebol, Demetrio Albertini, é outro que pensa que uma reforma séria é necessária, embora o ex-Milan, que conquistou duas Ligas dos Campeões e cinco Calcios durante uma era de ouro do futebol italiano, alertou para uma interpretação muito severa dos resultados desta semana: “Precisamos decidir o que queremos ser: um campeonato que revela talentos para ligas estrangeiras ou um sistema de primeira categoria?”

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.