18/06/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Semana do Santos tem salário atrasado, sexo, Mano Brown e até bombeiro

3 min read

Samir Carvalho Do UOL, em Santos (SP).

A semana decisiva do Santos antes do duelo contra o Ituano neste domingo, às 16h (de Brasília), no Pacaembu, foi bastante movimentada. Os assuntos foram diversos: salários atrasados, sexo antes da final do Campeonato Paulista, torcida uniformizada dentro do treino, com a presença do rapper Mano Brown, e até a visita do Corpo de Bombeiros, que foi ao clube apagar o fogo que não existiu.

Após a derrota por 1 a 0 diante do Ituano no primeiro jogo da final, a semana começou movimentada com o pagamento dos direitos de imagem dos jogadores atrasados. O mês de fevereiro, que vence em março, só foi pago no fim desta semana após o clube receber o adiantamento das cotas de televisão de 2015. O atraso e o pagamento foram confirmados por diretoria, comissão técnica e jogadores.

“Aqui no Santos acho que não (influência na decisão) porque não tem uma frequência (salários atrasados), os jogadores não estão acostumados. O Santos pagou, não fez mais do que a obrigação. E isso não teve nenhuma interferência no animo, está tudo bem, tudo certo, é um detalhe que não estamos levando em consideração”, afirmou Oswaldo de Oliveira.

Com o ordenado em dia, o Santos recebeu a visita de suas principais torcidas organizadas no treino da última sexta-feira, no CT Rei Pelé. O clima foi de festa, os torcedores tiveram um comportamento louvável, apenas apoiaram o time com cânticos, batucadas e fogos durante a atividade.

Entretanto, alguns fatos curiosos ocorreram. O rapper Mano Brown, torcedor ilustre do Santos e protagonista no filme sobre o centenário do clube, também esteve presente. O cantor expôs sua intimidade no clube ao orientar alguns seguranças sobre o local que deveriam ficar alguns torcedores durante o treino. As “ordens” de Brown foram atendidas.

No entanto, foi a visita do caminhão do Corpo de Bombeiros que chamou mais a atenção no CT Rei Pelé. Os militares foram ao local devido a uma denuncia de incêndio no centro de treinamento santista, porém foram informados que se tratava de um engano. Funcionários do Santos acreditam que algum visinho se equivocou ao ver a fumaça causada pelos sinalizadores disparados pela torcida no treino.

Para encerrar o dia, Oswaldo de Oliveira, preocupado em como furar a defesa menos vazada da competição, a do Ituano, com apenas dez gols sofridos, ainda teve que explicar sobre a prática sexual dos jogadores antes dos jogos. Questionado em entrevista coletiva se concorda com o técnico Luiz Felipe Scolari, que liberou o sexo para os atletas da seleção brasileira na Copa do Mundo, Oswaldo revelou que também não impediu a prática antes da decisão estadual, pois acredita que não prejudica o rendimento dos jogadores.

“Acho que é uma coisa que não podemos usar duas palavras, precisamos conversar. É algo dogmático, mas existem opiniões, acho sexo uma coisa natural, emana o ser humano, em situações normais, domésticas, está tudo muito bem, acho que ajuda muito. Eu sempre libero, não digo para não fazer”, explicou.

A semana do Santos ainda não terminou. Na manhã deste sábado, o elenco realiza a última atividade antes da final do Paulistão, no Pacaembu, palco da decisão. Oswaldo já avisou que comandará um treino de cobranças de pênaltis. No domingo, o time precisa vencer por diferença de dois gols o Ituano para conquistar o título paulista. Em caso de vitória por um gol de diferença, o campeão será conhecido nos pênaltis. Empate dá o título ao time do Interior.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.