16/06/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Chris Paul comete três erros no fim, e Thunder consegue virada espetacular sobre Clippers

2 min read

Do Zigzagdoesporte Por ESPN.com.br.

Getty

Westbrook e Durant comemoram a espetacular virada do Thunder sobre os Clippers
Westbrook e Durant comemoram a espetacular virada do Thunder sobre os Clippers

Um fim de jogo antológico, polêmico, com uma virada inesperada. O Oklahoma City Thunder assumiu a liderança do playoff semifinal do Oeste e está a apenas uma vitória de decidir o título da conferência. Na noite desta terça-feira, a franquia derrotou o Los Angeles Clippers por 105 a 104, na Chesapeake Energy Arena, e fez 3 a 2 no confronto de uma maneira espetacular.

 

Para chegar ao resultado positivo desta terça, o Thunder contou com uma ‘ajudinha’ do armador Chris Paul, dos Clippers. O camisa 3, grande estrela da franquia da Califórnia, cometeu três erros decisivos, que permitiram a virada improvável do time da casa. Uma bola roubada, uma falta e um desperdício no ataque permitiram a vitória ao Oklahoma.

A virada, entretanto, também pode ser atribuída – pelo menos pelo lado dos Clippers – à polêmica arbitragem. O lance que resultou nos três arremessos livres decisivos de Russell Wesbrook, na verdade, apontava bola para o time de Los Angeles, já que Reggie Jackson acabou tocando por último na bola antes de ela sair. Doc Rivers, treinador californiano, protestou (e muito) após o término do jogo.

A exaltação do treinador deve-se ao fator decisivo para a série. O resultado deixa o Thunder a apenas um resultado da decisão, e obriga o Los Angeles Clippers a depender de duas vitórias em dois jogos para sonhar com a final. O sexto encontro entre as duas franquias está marcado para a quinta-feira.

Fora arbitragem e todas as polêmicas, o Thunder alcançou a vitória muito por conta do desempenho do armador Russell Westbrook, que terminou o duelo como cestinha ao anotar 38 pontos. O MVP Kevin Durant, coadjuvante nesta noite, colaborou com 27 pontos – apenas 6 de 22 nos arremessos de quadra.

Pelos lados dos Clippers, apesar dos erros no final, Chris Paul ajudou o time com mais um duplo-duplo: 17 pontos e 14 assistências. Blake Griffin, com 24 e 17 rebotes, e Matt Barnes, com 16 pontos (com quatro bolas de três pontos), também tiveram uma exibição de destaque.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.