16/06/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

River Plate goleia e volta a ser campeão argentino após 6 anos de seca.

3 min read

Do Zigzagdoesporte com agência EFE.

Getty

Jogadores do River Plate comemoram gol na vitória sobre o Quilmes: time voltou a ser campeão
Jogadores do River Plate comemoram gol na vitória sobre o Quilmes: time voltou a ser campeão

Festa do lado branco e vermelho de Buenos Aires. O River Plate, de tantos dramas e dificuldades dos últimos anos, voltou a ser o River Plate. Esqueça rebaixamento e confusões; neste domingo, o Monumental de Nuñez voltou a sediar uma festa. Depois de seis anos, os ‘Millonarios’ retornam ao topo do futebol argentino. Título do Torneio Final da temporada 2013/2014.

 

A conquista veio neste histórico domingo de 18 de maio. Diante de um grande público no estádio, o River Plate goleou com tranquilidade o Quilmes pelo placar de 5 a 0 e levantou o troféu máximo do país pela 35ª vez em sua história. O veterano Fernando Cavenaghi (duas vezes), Mercado, Ledesma e Téo Gutierrez balançaram as redes nesta noite especial para os torcedores do clube alvirrubro.

O River chegou a este domingo dependendo apenas de si para retornar ao topo na Argentina. O time comandado por Ramón Diaz precisava apenas de um empate, mas fez ainda mais do que isso. Com o resultado, os ‘Millonarios’ chegaram aos 37 pontos, cinco a mais do que Estudiantes e Gimnasia y Esgrima, derrotados por Tigre (2 a 1) e Boca Juniors (1 a 0) nesta última rodada de Torneio Final.

Reuters

Cavenaghi anotou dois gols no jogo do título
Cavenaghi anotou dois gols no jogo do título

Além da primeira conquista nacional desde 2008, quando Loco Abreu, Alexis Sánchez e Falcao García (e Diego Simeone no banco de reservas) comandaram o título, o River Plate garantiu o retorno para a Copa Libertadores da América. Desde 2009, o tradicional clube não disputa o torneio continental.

Diante de toda pressão pelo resultado, o River Plate se comportou de maneira exemplar. A equipe de Ramon Diaz precisou de apenas dez minutos para incitar o grito de gol no Monumental de Nuñez. O veterano Fernando Cavenaghi aproveitou oportunidade, estufou as redes e aproximou o time da casa da taça.

O tento serviu para soltar River Plate em campo. Eficiente – marca da equipe neste Torneio Final -, o clube da casa ampliou o marcador aos 25min. Após cobrança de escanteio e desvio na primeira trave, Mercado tocou firme de cabeça e marcou o segundo tento dos ‘Millonarios’. A festa já era providenciada.

Para finalizar o ‘retorno’ do River, que recentemente viveu o drama de disputar a Série B da Argentina pela primeira vez na história, a equipe de Ramon Diaz tratou de sacramentar o título de uma maneira categórica. Aos 17min da etapa final, Ledesma, com um golaço de fora da área, anotou o terceiro.

A goleada era eminente, e o River presenteou os 60 mil torcedores presentes no Monumental com uma exibição de gala. Aos 26min, Cavenaghi mostrou oportunismo e anotou o quarto. Já aos 44min, Téo Gutierrez, um dos destaques da campanha, deixou a sua marca e fechou a goleada. Final de drama para o River; agora, oficialmente, de volta.

Colón vence e força jogo desempate na briga por rebaixamento

Na parte de baixo da tabela, Colón – que venceu o Olimpo por 2 a 1 – e Atlético Rafaela – 2 a 1 no Arsenal de Sarandí –  terminaram iguais no Promedio, que define os três rebaixados pela média de pontos das últimas três temporadas.

Com isso, os dois times terão que fazer um jogo desempate. O duelo está marcado para o próximo sábado.

All Boys e Argentinos Juniors são as outras duas equipes que disputarão a segunda divisão na próxima temporada.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.