18/06/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

(Do Zigzagdoesporte Por Carlos Fiúza).

O treinador tricolor, o Sr. Marquinhos ontem ratificou todas suas fraquezas, erros cometidos nos últimos 03 jogos do Bahia contra o Flamengo, onde tive a nítida impressão que poderiam vencer o jogo, mas a covardia e falta de criatividade e conhecimento do seu treinador não permitiu que ocorresse, Fluminense derrota clássica por 1x 0 e apatia total ofensiva por fim derrota desastrosa contra um Santos dilacerado, destroçado, mas treinado por um estudioso, experiente e ousado trinador que foi contundente e cirúrgico ao estudar muito bem o adversário e neutralizar totalmente os poucos pontos positivos dele, Bahia.

Nas 03 partidas aqui mencionadas percebemos os mesmos erros, contra o Flamengo teve o retorno de Ronyeri, sacou Raylan que vinha muito bem, crescendo e ofereceu o lado direito ao ataque flamenguista, contra o Fluminense idem, manteve Ronyeri e o treinador tricolor carioca colocou daquele lado Wagner, Conca e o lateral Carlinhos e levaram perigo permanente a defesa tricolor baiana, ontem foi uma farra, um festival de erros do Sr. Marquinhos Santos e mais uma vez levou um banho, desta vez do estudioso Osvaldo Oliveira que deu a impressão que lia até pensamento do treinador do Bahia, pois passou grande parte da partida assistindo as reações do treinador tricolor e a cada tentativa de alteração no Bahia de imediato o santista trazia um antidoto, uma substituição santista diante da tricolor.

Voltando ao lado direito da defesa baiana, para complicar a ausência de Uelinton, o baixo rendimento de Fahel e Barbio favoreceram desta feita o tripé santista: Zeca, Arouca e o bom Lucas Lima que deitaram e rolaram por aquele lado.Que estupendo jogador esse Arouca! Tudo começava e passava por ele na equipe do Santos e o treinador tricolor nada fez para conter as armações de jogadas ali iniciadas.

Quando a estrela não brilha, quando um jogador ou outro não desequilibra, ai tem que entrar o treinador para neutralizar o adversário, fazer alterações pontuais e o treinador tricolor é bastante limitado nestes aspectos, melhor para o Santos de Osvaldo Oliveira que sabia a fundo tudo, ou o pouco que o Bahia podia desenvolver. Na partida de ontem o treinador tricolor não só manteve o equivoco no lado direito da defesa tricolor, como tratou de enfraquecer seu lado esquerdo com o “esforçado” Guilherme Santos, o resultado os senhores já sabem e agora o Bahia tem 02confrontos que ganharam contornos dramáticos, pois derrotas para Chapecoense e Sport vai significar consolidação no Z-4.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.