22/05/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Destaques da rodda na série B; confira alguns jogos.

10 min read

Do Zigzagdoesporte.com.br por Carlos Machado.

Ponte Preta até empata no fim e tira Sampaio Corrêa do G-4, mas segue em jejum.

DIVULGAÇÃO

Ponte Preta segue sem vencer depois da Copa; Sampaio Corrêa perdeu chance em casa
Ponte Preta segue sem vencer depois da Copa; Sampaio Corrêa perdeu chance em casa

O Sampaio Corrêa teve em mãos tudo o que precisava para entrar no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro, mas a desatenção cobrou seu preço neste sábado. Ao receber a Ponte Preta no Castelão, pela 14ª rodada, a Bolívia saiu atrás do placar e conseguiu a virada já na reta final da partida, mas cedeu empate em 3 a 3 aos 42 minutos do segundo tempo. O time da casa foi às redes com Eloir (2) e Pimentinha, enquanto Elton e Rafael Costa (2) descontaram para a equipe paulista.

O empate cedido mantém o Sampaio Corrêa na sexta colocação da Série B, com 23 pontos conquistados. Frente ao Joinville, fora de casa, o time maranhense tem confronto direto pelas primeiras posições. O duelo será disputado às 21 horas (de Brasília) desta terça-feira e vale pela 15ª rodada.

Apesar do empate conquistado no apagar das luzes, a Ponte Preta amarga cinco partidas sem vitória na segunda divisão nacional. Mais perto do descenso do que do acesso, a Macaca estaciona na modesta 12ª colocação com 19 pontos e tenta recuperação em casa contra o Bragantino, às 21 horas (de Brasília) desta sexta-feira, também pela 15ª rodada.

O jogo – Mal teve tempo de se ajeitar nas arquibancadas do Castelão e o torcedor do Sampaio Corrêa já viu a Ponte Preta sair na frente. Adrianinho cobrou falta com veneno aos quatro minutos, o goleiro Luiz Müller vacilou e rebateu a bola nos pés de Elton, que só teve o trabalho de empurrar para o gol vazio para inaugurar o marcador.

Mas a vantagem precoce na partida não deu tranquilidade à Macaca. Ao tentar manter o jogo morno, a equipe campineira recuou e por pouco não sofreu o empate aos 12 minutos. Na ocasião, Edgar girou dentro da área, levou ao fundo e acertou a trave após desvio na zaga adversária.

Apesar de mostrarem pouco ímpeto na busca pelo segundo gol, os visitantes ampliaram a vantagem aos 19. Aproveitando desatenção da defesa tricolor, Rafael Costa deixou os zagueiros para trás e não perdoou, batendo rasteiro na saída de Luiz Müller.

A resposta do time da casa veio logo depois, aos 22, quando Edgar invadiu a grande área pela esquerda e foi derrubado por Juninho em pênalti. Na cobrança, Eloir usou a paradinha como trunfo para vencer o goleiro Roberto e diminuiu o placar. Na sequência, o tempo técnico para hidratação deu ao técnico Lisca a chance de acertar as falhas do Sampaio Corrêa e o resultado foi imediato.

Assim que a bola foi recolocada em jogo, aos 29 minutos, Hiltinho escapou da marcação pela direita e cruzou na medida para Eloir encher o pé da entrada da área. Compensando as falhas defensivas para chegar ao empate, o ataque do Sampaio Corrêa melhorou bastante, tendo chance em contra-ataque com Willian Paulista e da entrada da área com Márcio Diogo. A pressão se estendeu até o intervalo, mas a Ponte se segurou como pode para não tomar a virada.

O começo da etapa final manteve o jogo aberto, com várias alternativas de parte a parte. Quem primeiro levou perigo foi o Sampaio, em chute de Willian Paulista bem defendido por Roberto. A Ponte respondeu com arremate longo de Elton, com o rebote cedido Luiz Müller sendo desperdiçado por Roni. Ainda antes dos dez minutos, Hiltinho encheu o pé para obrigar Roberto a fazer boa defesa no centro do gol.

Melhor na partida, a Bolívia fez o que quis com a defesa da Ponte nos minutos seguintes. Márcio Diogo teve duas ótimas chances dentro da área, primeiro ao receber de Hiltinho, depois ao tabelar com Willian Paulista, mas não converteu nenhuma. Enxergando seus comandados em melhor momento, Lisca ainda promoveu a entrada dos atacantes Waldir e Pimentinha.

Mantendo a pressão, o time da casa ainda chegou com perigo em contragolpe puxado por Edgar e arrematado por Hiltinho, mas Roberto impediu o terceiro gol do Sampaio. O goleiro, porém, nada pode fazer aos 36 minutos, quando Eloir avançou pela esquerda e serviu Pimentinha, que teve tempo de ajeitar para o pé esquerdo antes de virar o jogo.

Mas a vitória que parecia garantida escapou por entre os dedos do Sampaio Corrêa. Em lance isolado aos 42 minutos, Willian Simões cometeu falta na ponta direita e a Ponte Preta não perdoou na bola aérea. Em cruzamento de Roni, Rafael Costa subiu mais que a defesa boliviana para testar forte, igualar o placar e dar números finais ao empate no Castelão.

América-MG se salva com gol nos acréscimos, vence o ABC e segue vice-líder.

CARLOS RHIENCK/HOJE EM DIA/GAZETA PRESS

América-MG bateu ABC depois de jogo morno no Independência
América-MG bateu ABC depois de jogo morno no Independência

O América-MG estava quase decepcionando seu torcedor que compareceu à Arena Independência neste sábado. Um dos times de melhor campanha no Campeonato Brasileiro da Série B, a equipe de Belo Horizonte a mal e deixava escapar a chance de se manter na vice-liderança. Mas um gol salvador nos acréscimos ajudou a derrotar o ABC por 1 a 0, pela décima quarta rodada do torneio.

O resultado é ótimo para o América-MG, que evitou a chegada do Luverdense com o triunfo, se mantendo firme na briga pela liderança. O Ceará,no topo com um ponto a mais, encara o Boa Esporte na noite deste sábado e pode se distanciar ainda mais

Para o ABC, por sua vez, o revés impediu que a equipe do Nordeste encostasse no G-4 da Série B. O clube parou nos 20 pontos, na décima colocação, a três da zona de acesso da segunda divisão. Já o América-MG foi aos 26, no segundo posto.

O confronto desta tarde foi sem maiores emoções no Independência. Nenhum dos times criou grandes chances, fato que irritava o torcedor que compareceu à partida. O empate por 0 a 0 permaneceu até os 47min, quando Andrei Girotto fez o tento da vitória mineira de cabeça.

O América-MG volta a campo pela segunda divisão nacional na sexta, quando encara o Icasa, no Romeirão. Já o ABC recebe o Vasco na Arena das Dunas no sábado.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 1 X 0 ABC-RN

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 02 de agosto de 2014, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: José Antônio Chaves Franco Filho (RS) e José Eduardo Calza (RS)
Cartão amarelo: (América-MG) Mancini
Gol: América-MG:Andrei Girotto, aos 48 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-MG: Fernando Leal; Pablo, Vitor Hugo, André e Eduardo; Leandro Guerreiro, Andrei, Tchô (Ricardinho) e Mancini (Júnior Negão); Willians (Diney) e Obina.
Técnico:Moacir Júnior

ABC-RN: Gilvan; Renato, Suéliton, Marlon e Michel; Liel (Samuel), Fábio Bahia, Daniel Amora e Somália (Júnior Timbó); Lúcio Flávio (João Paulo) e Rodrigo Silva.
Técnico: Zé Teodoro.

Com estreia de técnico e golaço de bicicleta, Bragantino vence Joinville e respira na Série B.

O Bragantino venceu em casa o Joinville por 1 a 0 neste sábado, no estádio Nabi Abi Chedid, em confronto válido pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time alvinegro chegou aos 13 pontos e é o 18º colocado. Já o clube tricolor permaneceu com 23 pontos e está na terceira posição da competição.

O principal destaque da partida foi o gol de Léo Jaime, em bela bicicleta convertida aos 34 minutos do primeiro tempo.

O clube alvinegro, que teve a estreia do técnico Paulo César Gusmão, voltou a vencer após seis partidas: desde a sétima rodada, quando superou o Oeste por 3 a 0, o time de Bragança Paulist não vencia – depois disso, o time empatou duas vezes e foi derrotado nas quatro últimas partidas.

Com o resultado, o clube paulista diminuiu para dois pontos a diferença para o Oeste, primeiro time fora da zona de rebaixamento – além do Massa Bruta, Paraná (13 pontos, como o Bragantino), Portuguesa (12 pontos) e Vila Nova (lanterna com cinco pontos) estão no Z-4.

Já para o Joinville, o resultado foi péssimo: o time catarinense permaneceu com 23 pontos, caiu uma posição e perdeu a chance de diminuir a diferença para o líder Ceará, que tem 27 pontos – América-MG (26 pontos) e Luverdense (24) completam a zona de acesso à Série A.

Na próxima rodada, o Bragantino visita a Ponte Preta, enquanto o Joinville recebe o Sampaio Corrêa.

Com gol de Léo Gamalho, Santa Cruz vence América-RN e encerra ‘maldição pós-Copa’.

Após três derrotas consecutivas, o Santa Cruz, enfim, voltou a sorrir. Neste sábado, o time pernambucano venceu o América-RN por 1 a 0 na Arena das Dunas, em Natal. O único gol do jogo, válido pela 14ª rodada da Série B, foi marcado por Léo Gamalho.

Com o resultado, o Santa Cruz – que venceu pela primeira vez após o fim da Copa do Mundo – vai a 19 pontos e assume a 11ª colocação da competição. O América-RN, por sua vez, caiu na tabela: foi de sétimo para a 10ª posição e tem 20 pontos.

O único gol da partida foi marcado aos 32 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento na área feito por Tony, Léo Gamalho aparece sozinho para cabecear e superar Fernando Henrique.

Na próxima rodada, o Santa Cruz faz clássico no Arruda contra o Náutico. O jogo será disputado no dia 9 de agosto. No mesmo dia, o América-RN visita o Boa Esporte.

O jogo

O duelo começou equilibrado. A primeira grande chance do América-RN veio apenas aos 17 minutos, pelos pés de Rodrigo Pimpão, que chutou forte de fora da área, mas a bola acabou passando por cima da trave do goleiro Tiago Cardoso. Dois minutos depois, a bola foi levantada na grande área, Marllon falhou na defesa e novamente Pimpão bateu forte, mas o goleiro fez boa defesa.

O Santa teve uma boa oportunidade aos 26 minutos. Carlos Alberto e Pingo tabelaram na área e Pingo chutou para defesa do goleiro Fernando Henrique. O gol da vitória da equipe do Recife veio aos 32 minutos. Léo Gamalho recebeu o cruzamento de Tony e cabeceou sozinho, sem chances para o goleiro do América. 1 a 0 para os visitantes. Na comemoração, o atacante mandou a torcida adversária se calar e fui punido com um cartão amarelo.

O América ainda teve chances de empatar no fim da primeira etapa. Wanderson bateu com violência de longe e a bola passou à esquerda de Tiago Cardoso. Na sequência, Carlos Alberto fez o levantamento, mas novamente o goleiro saiu e evitou o empate. Na saída para os vestiários, Everton Sena e Rodrigo Pimpão se estranharam e saíram discutindo.

No segundo tempo, o América começou rodando mais a bola e tendo mais posse, mas a primeira chance foi do Santa Cruz. Aos 10 minutos da etapa complementar, Carlos Alberto cobrou falta na grande área e Fabinho cabeceou para trás. A bola saiu pela linha de fundo raspando na trave. Aos 20, Andrezinho, que havia recém entrado, cruzou na área e Isac apareceu sozinho para cabecear, mas o juiz marcou impedimento.

Aos 28 minutos, o Santa teve outra boa chance de aumentar a vantagem. Natan, que entrou no lugar de Pingo, fez uma boa jogada pelo lado direito, driblou um marcador e deixou Léo Gamalho na cara do gol, mas o atacante furou e deixou a bola passar.

Na segunda metade da etapa complementar, a equipe de Natal passou a aparecer pelas laterais, característica do time. O Santa Cruz não conseguiu segurar tão bem quanto no primeiro tempo, mas conseguiu focar na marcação, evitar o empate e garantir o triunfo.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-RN 0 x 1 SANTA CRUZ

Local: Arena das Dunas, em Natal (RN)
Data: 02 de agosto de 2014, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Paulo H Godoy Bezerra (SP)
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Ivaney Alves de Lima (SE)
Cartões amarelos: Isac, Rodrigo Pimpão (América-RN), Danilo Pires, Léo Gamalho, Tony, Sandro Manoel (Santa Cruz)
Gols: SANTA CRUZ: Léo Gamalho, aos 32 minutos do primeiro tempo

AMÉRICA-RN: Fernando Henrique, Walber, Cleber, Roberto Dias e Wanderson; Márcio Passos, Val (Paulo Victor), Fabinho e Jéferson (Andrezinho); Rodrigo Pimpão e Isac (Daniel Costa)
Técnico: Oliveira Canindé

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Tony, Marllon, Everton Sena e Renatinho; Sandro Manoel, Everton (Memo), Danilo Pires e Carlos Alberto (Wescley); Pingo (Natan) e Léo Gamalho
Técnico: Sérgio Guedes.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.