13/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Brasil vence Argentina e mantém hegemonia sul-americana de 28 anos.

2 min read
IVULGAÇÃO/FIBA

Brasil venceu a Argentina e faturou o Sul-Americano feminino de basquete
Brasil venceu a Argentina e conquistou o Sul-Americano feminino de basquete

Há 30 anos, o Brasil perdia a final do Sul-Americano feminino de basquete para a Colômbia, na casa das adversárias. De lá para cá, domínio absoluto das brasileiras no continente. Foram 15 títulos em 15 campeonatos. A 15ª conquista seguida, 25ª no total, veio nesta segunda-feira, com triunfo sobre a Argentina por 59 a 47.

A atual edição do Sul-Americano foi disputada em Ambato, no Equador. Na primeira fase, o Brasil passou fácil por Venezuela, Uruguai e Equador e, nas semifinais, não teve problemas para superar o Chile.

Contra a Argentina, o selecionado nacional encontrou mais dificuldades, mas destravou no último quarto e construiu um bom resultado final, selando sua vaga no Pan-Americano de Toronto, em 2015.

Clarissa foi o destaque do Brasil na partida, deixando a quadra com 11 pontos e 18 rebotes. Jaqueline saiu do banco de reservas e acertou quatro arremessos de três pontos para ser a cestinha da equipe, com 15 no total. A cestinha do jogo foi Gretter. A veloz armadora argentina anotou 16 pontos e ainda contribuiu com nove rebotes.

O jogo

O duelo foi sempre equilibrado, sem que as seleções conseguissem terminar um quarto com grande vantagem sobre a rival.

Assim, após empatarem nos dez primeiros minutos, Brasil e Argentina tinham apenas um ponto de diferença no marcador, a favor das brasileiras, no intervalo: 28 a 27.

O ritmo da partida continuou o mesmo na volta do intervalo, com pouquíssimas cestas de lado a lado. No fim do terceiro quarto, o placar era de 42 a 40 a favor das brasileiras.

A cinco minutos do fim da partida, o duelo estava empatado em 44 pontos, e as seleções demonstravam grande nervosismo em cada jogada. Em uma rara sequência de acertos de lances livres, o Brasil pulou à frente no placar.

Faltando três minutos para o fim, Débora acertou um arremesso de três e deu uma boa vantagem para a seleção brasileira, que aproveitou contra-ataque para disparar no marcador: 51 a 44.

O golpe foi o suficiente para desequilibrar as argentinas, que não conseguiam mais pontuar. As bolas do Brasil continuaram a cair, enquanto as adversárias conseguiram somar apenas mais três pontos, terminando o jogo a 12 do Brasil: 59 a 47.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.