19/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

São Paulo ganha jogo eletrizante com Cruzeiro e desafia mineiros pelo título brasileiro

4 min read

Lucas Borges, de São Paulo (SP), para o ESPN.com.br.

São Paulo ganha 'final' e desafia Cruzeiro pela taça; VEJA
Veja os gols de São Paulo 2 x 0 Cruzeiro

O São Paulo mostrou neste domingo, em um Morumbi lotado, suas credenciais para brigar pelo troféu do Campeonato Brasileiro de 2014. O Tricolor jogou de igual para igual com o líder e atual campeão Cruzeiro em uma partida com emoção do primeiro ao último minuto, foi superior nas conclusões e venceu por 2 a 0, gols de Rogério Ceni, de pênalti e de Alan Kardec.

A diferença para os mineiros, que até quatro rodadas era de nove pontos, agora é de apenas quatro.

Os problemas defensivos diagnosticados ao longo da competição na equipe são-paulina não apareceram neste domingo. Quando o adversário chegou, parou em um inspirado Rogério Ceni. Na frente, o quarteto Ganso, Kaká, Kardec e Pato novamente se mostrou entrosado.

Foram 16 finalizações tricolores ao longo da partida, oito certas, contra uma média do time neste Brasileirão de 11,2 finalizações por partida, 4,7 certas. O Cruzeiro, líder do quesito na competição, ficou abaixo de sua média de 13,9 finalizações por jogo, 6,1 finalizações certas, mas também produziu bastante, com 11 finalizações, duas certas.

O Tricolor volta a campo pela Série A na próxima quarta-feira que vem, contra o Coritiba, que luta contra o rebaixamento, fora de casa, no Couto Pereira. No mesmo dia, o Cruzeiro recebe o Atlético-PR, no meio da tabela, no Mineirão

O jogo

Não foi possível desviar a atenção do espetáculo no Morumbi.

Éverton Ribeiro inaugurou a série de jogadas ofensivas com chute perigoso de longe, aos seis minutos. Na sequência, o São Paulo respondeu com Pato, que fez fila e rolou para Alan Kardec. O camisa 14 chutou fraco, na mão de Fábio. Ganso e Alisson assustaram em arremates por cima do travessão. Tolói teve chance de marcar aos 16, livre, na pequena área, ao receber cruzamento de Ganso, mas cabeceou torto.

GAZETA PRESS

Pato arranca para o São Paulo na partida contra o Cruzeiro no Morumbi
Pato arranca para o São Paulo na partida contra o Cruzeiro

Marcelo Moreno por pouco não fez o seu encobrindo Rogério Ceni. Aos 28, Ricardo Goulart chutou cruzado do lado direito após contra-ataque, e Ceni salvou com defesaça. Naturalmente, o Cruzeiro passou a colocar a bola no chão e ditar o ritmo da partida.

Mas um pênalti aos 33 minutos mudou o rumo do jogo. Kardec tocou para Pato, que tocou para Ganso, que foi derrubado por Dedé, que já tinha amarelo, mas não foi expulso. Rogério cobrou no meio e tirou um zero do placar. Nos acréscimos da etapa inicial, Fábio evitou o que seria o segundo gol tricolor, em chute à queima roupa de Kaká, bem servido por Kardec.

Logo na volta do intervalo, Alan Kardec cabeceou mal para o chão, mas deu sorte, a bola sobrou limpa para ele dentro da área. A finalização a seguir foi para fora. No ritmo do primeiro tempo, lá e cá, Éverton Ribeiro saiu cara a cara com Ceni após bobeada da zaga paulista e exigiu belíssima defesa do goleiro.

Marcelo Moreno podia ter empatado aos 14. O boliviano recebeu passe de Ricardo Goulart no bico da pequena área e bateu pra fora. Fábio foi ágil para espalmar ‘bomba’ de Edson Silva instantes depois.

Aos 25, não deu pra parar Kardec, que cabeceou e no próprio rebote afundou a rede adversária. O Cruzeiro se lançou à frente para tentar empatar e o que se viu então foi uma enxurrada de chances de gol. Para o São Paulo, que não ampliou. Nem era preciso. A atuação da equipe de Muricy Ramalho foi irretocável, premiada pelos gritos de ‘olé’ da torcida.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 0 CRUZEIRO

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 14 de setembro de 2014, domingo
Horário: 16 horas (Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e José Antônio Chave Filho (RS)
Cartões amarelos: Kaká, Alan Kardec, Álvaro Pereira (São Paulo). Dedé, Ricardo Goulart (Cruzeiro)
Gols: SÃO PAULO: Rogério Ceni, aos 35 minutos do primeiro tempo. Alan Kardec, aos 26 minutos do segundo tempo

Público: 58.627 torcedores

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Auro, Edson Silva, Rafael Toloi e Álvaro Pereira; Denilson, Souza, Ganso e Kaká; Alexandre Pato (Michel Bastos) e Alan Kardec
Técnico: Muricy Ramalho

CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Léo, Dedé (Manoel) e Ceará; Nilton, Lucas Silva (Dagoberto), Everton Ribeiro e Alisson; Ricardo Goulart (Júlio Baptista) e Marcelo Moreno
Técnico: Marcelo Oliveira

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.