18/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Michael Phelps é detido por dirigir embriagado e acima da velocidade; fãs criticam

2 min read

Do Zigzagdoesporte.com.br por ESPN.com.br.

GETTY

10 - Michael Phelps (natação) - 33
Michael Phelps foi detido em Baltimore por violar três leis de trânsito

O nadador Michael Phelps foi detido na madrugada desta terça-feira, em Baltimore, por dirigir embriagado e acima do limite de velocidade permitido. Segundo a polícia, ele também foi visto cruzando pistas de mãos duplas dentro do túnel Fort McHenry.

Os oficiais disseram que Phelps, de 29 anos, passou com seu carro a 84 milhas por hora (135 km/h) em uma zona na qual a velocidade máxima era de 45 milhas por hora (70 km/h). O nadador, dono de 18 medalhas olímpicas de ouro, foi detido e depois liberado.

Segundo a polícia, ele foi “incapaz de realizar satisfatoriamente uma série de testes de sobriedade”, mas cooperou durante todo o processo.

Michael Phelps está de volta às competições após sair da aposentadoria que começou depois de Londres-2012. E, ao que parece, retornam também as polêmicas.

Em 2004, o norte-americano, então com 19 anos, foi preso quando dirigiu embriagado e ficou por 18 meses em liberdade condicional. Em 2009, uma foto sua com um pipe de maconha em uma festa o fez ser suspenso por três meses pela confederação de natação dos Estados Unidos (USA Swimming).

O incidente desta terça causou a reação de fãs do nadador, que criticaram sua postura. “Graças a Deus que você não matou uma família enquanto estava por aí dirigindo bêbado na última noite, Michael Phelps”, escreveu Frank Wallace.

“Eu vou oferecer um pouco de conselho, procura e ajuda agora enquanto você é jovem. Eu sugiro que você comece com participação em reuniões do AA”, disse Heather Hess.

“Não foi bom, cara… junte suas coisas… Ainda existe a remota possibilidade de você ser algum time de modelo para as crianças”, ironizou Chuch Rose. “Não beba e dirija”, pediu Omar Hassan. “Volte a fumar maconha. Não beba e dirija”, afirmou Nathan Handy.

Phelps pede desculpas

Após o incidente se tornar público, Phelps, via sua conta no Twitter, pediu desculpas a todos pelo que causou. “Eu entendo a severidade dos meus atos e assumo total responsabilidade. Sei que estas palavras podem não significar muito agora, mas peço desculpas a todos que eu decepcionei”, escreveu.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.