13/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Ferrari confirma Alonso fora e anuncia Vettel e Raikkonen para 2015; confira.

3 min read

Do Zigzagdoesporte.com.br por ESPN.com.br.

GETTY IMAGES

Fórmula 1 Alonso Vettel Pódio Canadá 09/06/13
Ferrari anunciou a saída de Alonso (à esq.) e a chegada de Vettel

Em dois comunicados oficiais distribuídos à imprensa na manhã desta quinta-feira no intervalo de apenas 25 minutos, a Ferrari não só confirmou que Fernando Alonso não será mais seu piloto em 2015 como anunciou a contratação de Sebastian Vettel, em contrato de três anos, e acrescentou que Kimi Raikkonen seguirá na equipe.

Assim, o espanhol de 33 anos fica livre para assinar – o que para muitos já aconteceu – ou até mesmo anunciar nos próximos dias seu retorno à McLaren, pela qual correu em 2007. Na Red Bull, o substituto do alemão quatro vezes campeão da Fórmula 1 já estava definido: será o russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso.

Segundo a escuderia italiana, o casamento de cinco anos com Alonso acabou por “consenso mútuo”. O texto, além de trazer os números do bicampeão [pela Renault] da categoria pela equipe, faz vários elogios a ele.

“No hall de honra dos grandes pilotos, Fernando Alonso sempre ocupará um lugar especial”, diz uma parte do primeiro comunicado, em frase atribuída ao chefe do time, Marco Mattiacci.

De 2010 a 2014, o espanhol conseguiu pelo time vermelho 1.186 pontos, 44 pódios e 11 vitórias. Mas a empreitada, de um modo geral, falhou, uma vez que o objetivo ao se juntar a equipe mais tradicional da Fórmula 1 com um dos mais talentosos pilotos era o título.

 

Alonso escreveu vários posts em sua conta no Twitter, todos com palavras positivas e de gradecimento à Ferrari e seus fãs. “Vou correr este final de semana com toda a equipe comigo dentro do carro”, foi um deles.

Em outro, direcionou-se diretamente aos fãs da escuderia. “Eu recebi muito amor dos torcedores… Conexão especial desde o começo… Momentos mágicos. Sempre no meu coração.”

Vettel

Aos 27 anos, Sebastian Vettel parte para um novo desafio depois de ficar seis anos na Red Bull, na qual chegou em 2009 para o lugar do escocês David Coulthard. E diferentemente da relação Alonso/Ferrari, o alemão só tem a celebrar seu tempo de parceria com a equipe austríaca.

GETTY IMAGES

F-1 Ferrari Raikkonen Testes Sakhir Bahrein 22/02/14
Raikkonen fica, apesar da péssima temporada

Afinal, foram quatro títulos seguidos entre 2010 e 2013, o que o fez o mais jovem campeão da história da Fórmula 1. É nesta mistura de talento e juventude, agora com experiência, que a escuderia aposta.

“A Ferrari decidiu apostar no mais jovem multicampeão da história da Fórmula 1”, afirmou Mattiacci, no segundo comunicado.

Ele ainda acrescentou: “Em termos de Fórmula 1, Sebastian Vettel é uma combinação única de juventude e experiência, e ele traz com ele àquela sensação de espírito de equipe que irá se provar inestimável quando ele e Kimi, juntos, enfrentarem os desafios que nos aguardam, já que nosso objetivo é brigar lá na frente de novo o mais breve possível.”

Para o finlandês Kimi Raikkonen, de 35 anos e campeão em 2007, a permanência na Ferrari é como uma nova chance, já que seu desempenho em 2014 é pífio: tem 53 pontos e está na 11ª colocação no Mundial de pilotos.

Como comparação, seu ainda parceiro de equipe, Fernado Alonso, tem 157 pontos e aparece em quinto lugar.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.