29/05/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Contra um Internacional ‘inexistente’ sem D’Alessandro, Bahia volta a vencer

3 min read

Índio disputa a bola com Barbio na Fonte Nova

Do ZigZag do Esporte

E.C.Bahia 2 x 0 Internacional-Rs

Depois de cinco partidas de jejum, o Bahia voltou a ganhar no Campeonato Brasileiro. A vítima da vitória por 2 a 0, gols de Feijão e Fernandão, foi o Internacional, que mais uma vez confirmou sua irregularidade na competição e sua queda de produção sem o camisa 10 D’Alessandro. O Bahia já havia vencido o Inter no primeiro turno.

Depois de ganhar do Criciúma fora de casa na rodada anterior, o Colorado não foi páreo para o Tricolor Baiano. Dunga não teve nenhum dos estrangeiros do elenco à disposição: Scocco, por suspensão pelo terceiro cartão amarelo, e Bolatti, Forlán e D’Alessandro por lesão. Sem D’Alessandro, fora por problema nas costas, o Inter ainda não ganhou em 2013. Em sete jogos sem o meia argentino, são três derrotas e quatro empates.

O Inter tentará voltar ao caminho das vitórias diante de outro time ameaçado de rebaixamento, a Portuguesa, domingo que vem, em Novo Hamburgo. No mesmo dia, o Bahia vai ao Rio de Janeiro enfrentar o vice-líder Botafogo.

Os gaúchos estão na quinta posição da Série A, com 34 pontos, quatro a menos que o Atlético-PR, primeiro time no grupo dos classificados à Copa Libertadores. O Bahia, agora mais longe da zona do descenso, tem 28 pontos, em 13° lugar.

O jogo

O primeiro tempo na Fonte Nova passou quase batido. Leandro Damião chutou da meia-lua aos 37 minutos e acertou o travessão, e Fernandão teve bola limpa dentro da área para marcar para o Bahia, mas foi bloqueado pelo zagueiro Juan. E foi só.

No início do segundo tempo, os donos da casa contaram com a sorte para balançar a rede. Feijão chutou torto de fora da área, mas Índio desviou, e a bola enganou Muriel. Foi o 1000° gol do Bahia em campeonatos brasileiros.

Leandro Damião voltou a levar perigo em chutes de media distância. Caio também acertou o travessão de Lomba.

Mas quem marcou foi o Bahia. Aos 43 minutos, Marquinhos Gabriel enfiou bela bola para Fernandão driblar o goleiro e rolar para o gol.

Rafael Moura ainda mandou a terceira bola do Inter na trave nos acréscimos.

FICHA TÉCNICA:
BAHIA 2 x 0 INTERNACIONAL

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 19 de setembro de 2013, quinta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (SC) e Evandro Gomes Ferreira (GO)
Público: 10.288 torcedores
Cartões amarelos: William Barbio, Fabrício Lusa e Marcelo Lomba (Bahia); Aírton, Alex, Josimar, Willians e Rafael Moura (Internacional)
Gols: BAHIA: Feijão, aos 5, e Fernandão, aos 43 minutos do segundo tempo

BAHIA: Marcelo Lomba; Fabrício Lusa, Lucas Fonseca, Titi e Jussandro (Erick); Fahel, Feijão (Diones), Hélder, William Barbio e Wallyson (Marquinhos Gabriel); Fernandão
Técnico: Cristóvão Borges

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Índio, Juan e Kleber; Aírton, Josimar (Caio), Willians (Fabrício) e Alex; Otávio (Rafael Moura) e Leandro Damião
Técnico: Dunga

 

Fonte: espn.com.br

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.