13/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Federer vence seu possível sucessor e vai à semifinal na Basileia

3 min read

Do ZigZag do Esporte.

ATP Torneio da Basileia .

Torneios de tênis nesta sexta-feira (25/10)

Federer comemora após vencer Grigor Dimitrov nas quartas de final do Torneio da Basileia AFP PHOTO / FABRICE COFFRINI

Dez anos, 76 títulos e mais de 70 milhões de dólares em prêmios separam Roger Federer de Grigor Dimitrov. Mesmo assim, o búlgaro já é apontado como possível sucessor do suíço. Nesta sexta-feira, porém, Federer provou que Dimitrov ainda tem muito a provar na ATP. Em duelo das quartas-de-final do Torneio da Basileia, o atual número seis do mundo venceu o jovem adversário por 2 sets a 0, com parciais de 6-3 e 7-2.

O jogo começou tranquilo para o suíço, que teve aproveitamento de pontos muito superior ao adversário. Enquanto Federer acertou 57% das bolas, Dimitrov tirou vantagem de seu serviço em apenas 37% das ocasiões. Além disso, Federer não permitiu nenhuma quebra de saque e foi rápido ao decidir os pontos, vencendo a primeira parcial em 40 minutos.

No segundo set, porém, o búlgaro de 22 anos mostrou maior resistência e deu trabalho para o suíço. Com seis aces e uma quebra de saque, Dimitrov evoluiu significativamente na segunda parcial, mostrando a habilidade que lhe garantiu o apelido de ‘baby Federer’. Mesmo assim, a experiência prevaleceu e, no tie break, após uma hora e meia de jogo, o suíço fechou a partida em 2 sets a 0.

Com a vitória, Federer garantiu vaga nas semifinais do Torneio da Basileia. Seu próximo adversário é o canadense de 23 anos Vasek Pospisil, atual número 40 do mundo. Em novo duelo contra um ‘novato’, o suíço não deve encontrar dificuldades para garantir vaga na final do torneio.

“Baby Federer”

Dimitrov conquistou o apelido pelo belo e plástico estilo de jogo. Mas o peso das comparações e as frequentes lesões prejudicaram sua trajetória. Em 2011 já era top 100 do mundo, mas apenas em 2013 alcançou o posto dos 30 melhores atletas do mundo. Em 2013, porém, Dimitrov atingiu sua melhor forma física e conquistou bons resultados. Foi vice-campeão em Brisbane, no início do ano, ao perder para Andy Murray. Teve bons desempenhos nos Masters 1000 de Indian Wells e Miami ao cair apenas para Djokovic e Murray, respectivamente.

Ainda conquistou uma elogiada apresentação nas quartas de final do Masters 1000 de Monte Carlo ao fazer um jogo duro de três sets com Rafael Nadal, detentor de oito títulos do torneio.

Apesar de ser comparado a um dos maiores tenistas da história, Dimitrov não gosta do apelido de ‘baby Federer’. “Sinceramente queria que as pessoas parassem com isso”, disse, recentemente, em entrevista à emissora norte-americana CNN. “Achei muito legal no começo. Mas com o tempo, percebi quem sou eu. Então, estou tentando construir meu próprio estilo”, finalizou.

 

Fonte: Do UOL, em São Paulo

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.