03/03/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Três grandes jogos da 34ª rodada podem determinar situações no G-4 e no Z-4; confira

9 min read

Do ZigZag do Esporte 34ª do Brasileirão.

Goiás e Ponte Preta se enfrentam em Goiânia em situações opostas.

Gazeta Press

Rodrigo ajudou o Goiás a ficar mais próximo da Libertadores
O zagueiro Rodrigo está confirmado na defesa do Goiás

Nesta quarta-feira, às 19h30, o Goiás recebe a Ponte Preta, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. O duelo, válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, confronta duas equipes em momentos distintos: enquanto o clube esmeraldino figura no quinto posto, com 53 pontos, nutrindo o sonho de ingressar na Taça Libertadores da América em 2014, o time campineiro segue na zona do rebaixamento, na 19ª posição, com 34 somados. No primeiro turno, em partida disputada em Campinas, o clube do Centro-Oeste venceu pelo placar mínimo, com gol do centroavante Walter.

Após empatar com o Flamengo, por 1 a 1, no estádio do Maracanã, os comandados de Enderson Moreira terão como arma o mando de jogo para buscarem o ingresso no grupo dos quatro primeiros classificados. Porém, o treinador esmeraldino não poderá contar com o meia Hugo, expulso na partida passada após reclamar com a arbitragem. Assim, Renan Oliveira é seu provável substituto.

A boa notícia para os goianos é o retorno, ainda que tímido, de Walter aos treinamentos. Destaque do Esmeraldino na temporada, o centroavante participou das atividades entre os titulares, mas não tem presença garantida no confronto. A baixa neste trabalho foi o zagueiro Rodrigo, poupado. Entretanto, sua titularidade é certa para o compromisso diante dos paulistas.

Deixando o sonho internacional de lado, a Ponte Preta volta a pensar na Série A, onde segue em situação incômoda. Na partida passada, a Macaca desperdiçou a chance de escapar da zona do rebaixamento, ao perderem para o Vitória, no estádio Moisés Lucarelli, pelo placar de 3 a 0.

Para o confronto, Jorginho admitiu utilizar uma escalação alternativa, visando recuperar o fôlego de seu elenco, visivelmente desgastado: “O Serra Dourada é um campo grande e largo. Vamos precisar de uma equipe com muita força física e descansada. Vou ter de fazer um revezamento para não comprometer o rendimento do time. Temos dois dias para pensar na formação ideal”, declarou.

O único desfalque para o duelo é o volante Baraka, que recebeu o cartão amarelo diante do Rubro-Negro baiano. Neste contexto, brigam pela posição Álef, Fernando Bob e Magal. O último é o mais cotado para assumir tal posto, já que pode exercer a função de primeiro volante ou terceiro zagueiro.

Com dois cartões amarelos, seguem em situação de risco os goleiros Roberto e Édson Bastos, o lateral-direito Régis, o zagueiro Diego Sacomam e o volante Fernando Bob. A novidade fica a cargo de Adaílton, que retorna após cumprir pendências contratuais na última rodada. Como é um atleta emprestado pelo Vitória aos campineiros, o atacante foi impossibilitado de atuar contra seu clube de origem.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS X PONTE PRETA

Estádio: Serra Dourada, em Goiânia-GO
Data: Quarta-feira, 13 de novembro de 2013
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Cláudio Mercante Júnior-PE
Assistentes: Marrubson Melo Freitas-DF e Ricardo Bezerra Chianca-PE

GOIÁS: Renan; Vítor, Rodrigo, Ernando e William Matheus; Amaral, David, Eduardo Sasha, Renan Oliveira e Roni; Léo Bonatini (Welinton Júnior)
Técnico: Enderson Moreira

PONTE PRETA: Roberto; Régis, César, Diego Sacomam e Uendel; Magal, Fellipe Bastos, Adrianinho e Chiquinho (Elias); Rafael Ratão (Adaílton) e William (Leonardo)
Técnico: Jorginho

 

Grêmio e Vasco fazem duelo por posicionamentos antagônicos.

Gazeta Press

Edmílson e Fagner comemoram o primeiro gol do Vasco no Maracanã
Edmílson e Fagner comemoram o primeiro gol do Vasco no Maracanã: empate contra o Santos tirou o time do Z-4

Em um duelo estratégico para os dois times cumprirem suas metas na reta final do Campeonato Brasileiro, o Vasco visita o Grêmio na noite desta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS), em partida válida pela 34ª rodada.

O time tricolor vem de uma derrota de 3 a 0 para o Cruzeiro, completando quatro jogos sem vencer no Brasileiro. Em terceiro lugar, com 54 pontos, corre o risco de deixar o G-4, a zona de classificação para a Copa Libertadores, se voltar a tropeçar. Fazendo o caminho na contramão, o clube cruz-maltino empatou por 2 a 2 com o Santos e ainda não perdeu sob o comando do técnico Adilson Batista.

Além disso, ganhou novo fôlego ao deixar a zona de rebaixamento, tendo chegado aos 37 pontos. Mas pontuar como visitante é fundamental para que o clima volte a ficar pesado em São Januário. Os dois treinadores demonstram otimismo em relação as metas que têm que cumprir neste fim de temporada. Porém, ambos consideram fundamental um bom resultado nesta quarta-feira.

“Nós somamos quatro pontos em casa e agora temos a oportunidade de buscarmos pontos como visitantes. Esse jogo seria muito importante para as nossas metas neste fim de temporada, pois com certeza é um dos mais difíceis que teremos pela frente. Se ganharmos vamos pegar fôlego e, dependendo da rodada, tranquilizarmos um pouco mais a nossa situação”, disse Adilson Batista.

Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, também considera fundamental para a sua equipe a vitória. Ele quer somar seis pontos nos dois próximos jogos, que serão na Arena Grêmio. Além do Vasco, o time tricolor recebe o Flamengo no próximo domingo.

“Pelo que o nosso grupo fez ao longo do ano não podemos perder a vaga na Copa Libertadores. Para isso precisamos cumprir algumas metas, como conquistar seis pontos nesses dois próximos jogos em casa. Serão duas finais de campeonato”, disse Renato.

Os jogadores gremistas concordam com a necessidade de vitória e, para isso, esperam contar com o apoio dos torcedores. Na visão deles, a presença do público será retribuída com empenho e com uma postura bem ofensiva.

“Para nós esse jogo contra o Vasco tem um caráter decisivo, pois a disputa por vagas na Libertadores está muito acirrada e não podemos pensar na possibilidade de tropeçarmos. Os nossos torcedores precisarão mais uma vez estar junto com o time e nos apoiar ao longo dos noventa minutos. Vamos pressionar desde o início, com empenho e determinação”, disse o volante Souza.

Se o Grêmio promete uma postura ofensiva, o jogo na Arena Olímpico tem tudo para ser aberto e franco, já que os vascaínos também garantem que buscarão sempre o gol, já que precisam pontuar.

“Não podemos ficar atrás contra o Grêmio, pois se isso acontecer vamos ficar acuados e deixaremos o Grêmio dominar as ações. Vamos precisar de muita personalidade na busca dos gols e da vitória. Somar pontos no Rio Grande do Sul é estrategicamente muito importante nesta nossa caminhada e vamos em busca disso, com ousadia”, avisou o zagueiro Jomar.

O Vasco tem problemas para este jogo. O lateral esquerdo Yotún, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, está suspenso e fica de fora. Como Henrique, o substituto natural está com lesão na coxa esquerda, o lateral direito Nei deverá ser improvisado no posto. O meia Juninho Pernambucano, com lesão no músculo adutor da coxa direita, e o atacante Reginaldo, com dores no mesmo local do Reizinho, ficam de fora. Assim, Bernardo deve entrar no meio e André ser aproveitado como companheiro de ataque de Edmilson. O volante Wendel, que retorna de suspensão, fica como opção no banco.

Pelo lado do Grêmio, Renato Gaúcho pode repetir a escalação da derrota para o Cruzeiro, já que disse ter gostado do desempenho do time apesar da derrota marcante por 3 a 0. A escalação, como sempre, deve ser divulgada minutos antes da partida. A presença de um articulador (Elano, Zé Roberto ou Maxi Rodríguez) não possa ser descartada. Neste caso, Werley seria o favorito para deixar a zaga. O atacante Vargas, que serve a seleção chilena nos amistosos de final de ano, é desfalque certo.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Rio de Janeiro e o Grêmio ganhou por 3 a 2 em São Januário. Naquela ocasião Barcos (2) e Ramiro anotaram os gols dos gaúchos, com Alex Telles, contra, e André tendo descontado para os cariocas. Naquel ocasião o zagueiro Cris, que tinha se transferido do time tricolor para o clube cruz-maltino teve péssima atuação, sendo determinante para a derrota dos mandantes.

FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO-RS X VASCO-RJ

Local: Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 13 de novembro de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (Fifa-AL)
Assistentes: Pedro Santos de Araújo (AL) e Esdras Lima Albuquerque (AL)

GRÊMIO: Dida; Pará, Rhodolfo, Bressan e Alex Telles; Souza, Ramiro, Riveros e Maxi Rodríguez (Elano ou Werley); Kleber e Barcos
Técnico: Renato Gaúcho

VASCO: Alessandro, Fagner, Jomar, Cris e Nei; Abuda, Pedro Ken, Bernardo e Marlone; André e Edmilson.
Técnico: Adilson Batista

 

Corinthians joga por tranquilidade e esperança contra o Coritiba.

Gazeta Press

Jogadores do Corinthians durante o treino de terça-feira
Jogadores do Corinthians durante o treino de terça-feira

O risco de rebaixamento, já praticamente inexistente, será totalmente extinto para o Corinthians em caso de vitória sobre o Coritiba. Pela tranquilidade em relação à degola e pelo ainda bastante distante sonho de classificação à Copa Libertadores, a equipe alvinegra tentará o segundo triunfo consecutivo a partir das 21h50 (de Brasília) de quarta-feira, em Curitiba.

A cinco rodadas do final do Campeonato Brasileiro, o atual campeão do mundo ocupa uma decepcionante 12ª colocação. E o jeito de salvar a fraca campanha desde a conquista da Recopa Sul-americana, em julho, seria tirar a diferença que hoje é de oito pontos para a faixa de acesso à principal competição do continente.

“Primeiro, é entrar na zona de segurança. É manter o nível de desempenho, ganhar os jogos e depois ver aonde podemos chegar”, afirmou Tite, cuja renovação de contrato só será discutida, dizem o próprio treinador e a diretoria, quando a possibilidade de rebaixamento for afastada.

O time que mais empata no Nacional escapou da terceira igualdade seguida no último final de semana aos 45 minutos do segundo tempo, fazendo 1 a 0 no desesperado Fluminense em uma batida de pênalti. Autor do gol, Alexandre Pato se julgou em alta novamente, bradou sobre seus números e será titular no Couto Pereira.

O camisa 7 será o jogador mais avançado do Corinthians. O meia Renato Augusto, que vinha sendo escalado como falso centroavante, acusou um desgaste físico e ficará fora. Douglas se sentará no banco de reservas pelo mesmo motivo, abrindo espaço para a entrada de Danilo.

Já o Coritiba, que vem de derrota para o Vasco e empate com a Portuguesa fora de casa, aposta nas duas partidas que fará em seus domínios nesta semana para fugir da degola. A equipe tem 41 pontos, cinco à frente do grupo dos quatro últimos, e ainda corre um risco maior do que o do Corinthians.

“São dois jogos importantes em que precisamos pontuar e fazer nosso objetivo. Vamos atuar dentro de casa, com o apoio da nossa torcida, e esperamos fazer boas atuações”, afirmou o atacante Júlio César, lembrando que triunfar na quarta e também no sábado, contra o Criciúma, livra a cara do time alviverde.

Na primeira dessas partidas, o técnico Péricles Chamusca não poderá contar com o volante Júnior Urso, suspenso. Robinho e Geraldo, machucados, também estão fora, assim como Vitor Júnior, ligado contratualmente ao Corinthians. Deivid, retomando o ritmo e a confiança do treinador, deverá ficar no banco. Gil, que pode atuar no meio ou na lateral, está novamente à disposição.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X CORINTHIANS

Local: estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 13 de novembro de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Rafael da Silva Alves (RS)

CORITIBA: Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Luccas Claro e Carlinhos; Willian e Gil; Lincoln, Alex e Carlinhos; Julio César
Técnico: Péricles Chamusca

CORINTHIANS: Walter; Edenílson, Gil, Paulo André e Alessandro; Ralf e Guilherme; Romarinho, Douglas e Emerson; Alexandre Pato
Técnico: Tite

 

Fonte: ESPN.com.br com Agência Gazeta Press

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.