14/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

#Vert Evolution

2 min read

Do ZigZag do Esporte/Skate Vert.

Published


[+] Enlarge PhotoAguinaldo MeloMarcelo Bastos acertou a maiorias de suas manobras na final. – Cab Heel Flip Indy

Abril de 2013, na plataforma do Half Pipe dos X Games Foz do Iguaçu todos os competidores falavam do nível das manobras de Marcelo Bastos.  Naquele dia ele errou, mas mesmo assim saiu de Foz com a medalha de Bronze na mochila.

Sete meses depois, o skatista de São Paulo que mora atualmente na Califórnia, venceu o Red Bull Vert Evolution na Estação da Luz, na sua terra natal.

“Todo mundo deixou eu ganhar. O Rony errou, o Sandro errou,” disse Marcelo em tom de brincadeira.

Minutos antes, Marcelo estava na plataforma do Half Pipe disputando a final da competição contra Sandro Dias. O público não entendeu muito bem as manobras de Marcelo, mas o juízes sim. Marcelo é um dos skatistas mais técnicos da atualidade. Suas “rotinas” são repletas de manobras como Cab’s Heelflip, Hard Flip Indy, Nosegrind na borda como se estivesse em um obstáculo de street.

[+] Enlarge PhotoAguinaldo MeloO sistema de Julgamento foi uma das novidades da competição

Aglomerados embaixo de um sol escaldante, o público tinha em Sandro Dias a figura do ídolo. Sandro agradeceu o público de uma forma perfeita. – 900, a última manobra do dia, um presente para a alegria do público. Durante a competição, Sandro não conseguiu encontrar a regularidade, uma de suas principais características.

O Impressionante Pedro Barros

Pedro Barros sequer avançou para as semifinais. Em uma competição dessas não é permitido errar e Pedro errou. Mas o motivo de Pedro ter errado foi o que impressionou a todos. Todas suas manobras eram em uma altura impressionante. Faz muito tempo que o skate vertical não tem um skatista andando com a força do Pedro. – Impressionante!

Formato.

O principal motivo de reunir grandes nomes do vert em São Paulo foi para testar um novo formato de competição. O Vert Evolution tinha baterias homem a homem e um sistema de julgamento que avaliava Técnica, Variedade, Execução e Altura.

Marcelo Bastos e Sandro Dias curtiram o sistema. Para o público, independente de quem ganhou o mais importante foi o show. Mais uma vez foi nítido que o Half Pipe é uma forma de skate que todos entendem, todos curtem.

 

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.