16/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Bahia começa mal e é goleado pelo CSA-AL na abertura da Copa do Nordeste

4 min read

Nada de “pé direito” na estreia do Bahia na temporada 2014. O Esquadrão foi goleado pelo CSA-AL no estádio Rei Pelé, em Maceió, no primeiro jogo dos dois times pela Copa do Nordeste. Sem identidade e apática em campo, a equipe do técnico Marquinhos Santos perdeu por 4 a 1, numa estreia para ser esquecida. Jefferson Maranhense, Mineiro, Daniel Costa e Josimar fizeram para os donos da casa. Rafinha, que entrou no segundo tempo, fez o único do Bahia.

Com a vitória e o bom saldo de gols, o CSA assumiu a liderança do grupo B, com três pontos. O Santa Cruz, com a mesma ponturação, vem logo atrás. O Vitória da Conquista é o terceiro e o Bahia fica com o último lugar, devido ao saldo negativo de três gols.

Na segunda rodada o Bahia terá seu primeiro compromisso do ano jogando em casa. Na quarta-feira (22) o time recebe o Santa Cruz, na Arena Fonte Nova, para o jogo a partir das 21h15, no horário de Salvador. O CSA vai até Vitória da Conquista para enfrentar o clube com o mesmo nome da cidade, também na quarta, às 19h, completando os confrontos.

 

O jogo Quando a bola rolou no estádio Rei Pelé os donos da casa trataram de tentar neutralizar as primeiras investidas do Esquadrão. Com volantes bem marcados, o Bahia já sentia problemas na saída de bola, agravado pela pouca participação dos laterais. Mesmo com mais posse de bola, faltava criatividade para o Tricolor e o time ficou preso na intermediária nos minutos iniciais do confronto.Diante das dificuldades do visitante, o CSA jogava no erro de passe tricolor e tentava surpreender no contra-ataque. E mesmo com menos oportunidades no início, foram so donos da casa que conseguiram abrir o placar. Aos 16′, Jefferson Maranhense completou no chute depois do passe de Pedro para a área e abriu o placar. Lomba ainda desviou, mas não teve jeito.Depois de abrir o placar o CSA gostou do jogo e continuou levando perigo para a área do Bahia. Sofrendo com os erros de posicionamento, o Esquadrão sente a dificuldade de segurar as investidas do rival. O mandante se aproveitou do momento de superioridade e conseguiu ampliar a vantagem aos 29 minutos. Depois do chute rasteiro de Uederson para a área, Mineiro chega e completa na pequena área. Os jogadores do Bahia reclaram de impedimento, mas o árbitro validou o gol.Frágil e sem conseguir sair para o jogo, o Tricolor chegou com mais perigo só aos 33 minutos. Talisca mandou o chute da ponta esquerda da área e Pantera se esticou para desviar para escanteio. A chance tricolor foi um fato isolado e o CSA seguiu dominando o jogo. Aos 37′ os donos da casa encontraram nova oportunidade, agora na bola parada, para ampliar a vantagem. Na cobrança de falta da ponta da área, Daniel Costa chutou colocado, direto para o gol, e mandou na gaveta.

 

Bahia melhorou no segundo tempo mas não conseguiu correr atrás do placar (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

Modificado, o Bahia voltou querendo mostrar serviço no segundo tempo e arranjou o gol para diminuir a desvantagem com pouco mais de um minuto de jogo. Rafinha arrancou depois de receber o passe na intermediária, invadiu a área, percebe Pantera adiantado e mandou o chute para encobrir o goleiro e marcar. Nos minutos seguintes o ímpeto não se estendeu e a pressão tricolor parou no gol.

A situação poderia melhorar para o Esquadrão com a expulsão de Uederson, aos 19′, depois de exagerar na falta em Lucas Fonseca. O Bahia chegou a encontrar mais espaço para criar jogadas, mas não melhorou no jogo mesmo com um jogador a mais. E foi no cochilo da zaga tricolor que o CSA fez o quarto. Josimar arrancou sozinho depois do lançamento, invadiu a área pela esquerda e manda o chute rasteiro para carimbar mais um gol, aos 28 minutos.

CSA-AL 4 x 1 Bahia – 1ª rodada do grupo B – Copa do Nordeste
Data: 19/1/2014, domingo, 16h
Local: estádio Rei Pelé
Árbitro: Cláudio Francisco de Lima e Silva (SE)
Assistentes: Ailton Farias da Silva (SE) e João Carlos de Jesus Santos (SE)

CSA-AL: Pantera; Pedro Silva, Roberto Dias, Breno e Mineiro; Charles Vagner, Lucas (Robson) e Daniel Costa (Santos); Uederson (expulso), Josimar e Jefferson Maranhense (Alisson). Técnico – Oliveira Canindé

Bahia: Marcelo Lomba; Galhardo, Titi, Lucas Fonseca e Raul; Rafael Miranda, Diego Felipe (Hugo), Anderson Talisca (Fahel), Branquinho e Rhayner; Rafael (Rafinha). Técnico – Marquinhos Santos

 

Fonte: Correio24horas

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.