25/05/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Lakers podem acionar cláusula e ‘forçar’ aposentadoria de Nash

2 min read

Do Zigzagdoesporte Por ESPN.com.br.

Getty

Steve Nash não joga desde o dia 11 de fevereiro
Steve Nash não joga desde o dia 11 de fevereiro

“Stretch provision”. Esse é um nome que até o mês passado era desconhecido para Steve Nash. Aos 40 anos e com inúmeras lesões nesta temporada, o veterano tomou conhecimento desta medida da pior forma possível.

Tal provisão é uma ferramenta disponível pelo novo acordo coletivo financeiro da NBA. Ela permite que a franquia dispense o jogador e divida a quantia de dinheiro que ainda deve pelos anos seguintes. No caso de Nash, que tem contrato até o meio de 2015 com os Lakers, o time da Califórnia pode pagar um terço dos US$ 9,7 milhões que deverá ao canadense em 2014-15 a cada um dos próximos três anos. Isso é uma medida para o clube dividir os gastos no teto salarial.

Nash foi perguntado por um repórter da mídia norte-americana em janeiro se estava pressionado por isso. O canadense disse não saber do que se tratava a “stretch provision”. Após ligar para seu empresário e ficar por dentro da medida, o armador deu sua opinião mostrada na série “The Finish Line”, que traz em seus episódios o drama vivido pelo jogador de 40 anos na atual temporada.

“Quando me perguntaram sobre a ‘stretch provision’ e eu fiquei sabendo o que era, ficou claro para mim que eu era um sério candidato a isso. Se os Lakers me dispensarem neste verão (norte-americano), é o fim. Eu finalmente tenho meus filhos em Los Angeles, eu não vou me mudar de novo e nem ficar sem eles por outro ano. Ou eu volto para os Lakers ou estou acabado”, disse Nash.

Nash atuou em apenas dez partidas nesta temporada com médias de 7,6 pontos e 4,7 assistências.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.