13/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Definido time brasileiro para o Mundial da Juventude

5 min read

Do Blog sobre as água por Antonio Alonso.

Os oito atletas que defenderão o Brasil no 44º Campeonato Mundial da Juventude, organizado pela Isaf e que será realizado em Tavira, Sul de Portugal, de 12 a 19 de julho, foram definidos esta tarde após o término das disputas da seletiva, em Florianópolis.

A classe 420 Masculino será representada pela dupla formada pelo velejador Tiago Brito, do Clube dos Jangadeiros, e Philipp Essle, do Yatch Club de Santo Amaro (YCSA). Tiago foi o vencedor do Mundial em 2013, realizado em Limassol, Chipre, correndo em dupla com Andrey Kneipp. Philipp defendeu o Brasil no ano passado pela Classe 29er em dupla com Antonio Aranha, conquistando o 20º lugar.

A dupla feminina do 420 tem Giuliana Tozzi no leme e Marina Arndt na proa, ambas também do YCSA.  O Clube paulista levará ainda a dupla vencedora do 29er, com Antônio Aranha, que retorna ao mundial, mas desta vez ao lado de Stephen Kunath, e com o vencedor da Laser Radial Masculino, Martin Lowy, 28º ano passado no Mar Mediterrâneo.

Mais duas meninas voltam ao Mundial da Juventude. Maria Carolina Boabaid, do Iate Clube de Santa Catarina, que foi 19ª colocada em 2013 correndo na Laser Radial, e Juliana Aguiar, do Clube de Regatas Guanabara, 21ª entre as velejadoras de RS:X. No masculino, a vaga na prancha ficou com Brenno Franciolli, do Clube Náutico de Araruama e na Hobbie Cat 16, que em Tavira será disputada com os multicascos SL16, Kim Andrade e Antônio Carlos Neto, do Yatch Clube da Bahia, defenderão as cores nacionais.  

Entre os Clubes o título de melhor do Brasil em vela jovem ficou com o YCSA, que somou 137 pontos, seguido pelo Veleiros do Sul (115 pontos) e Iate Clube do Rio de Janeiro(64 pontos).

Após ver as fotos de Gabriel Heusi, leia o texto do assessor de imprensa do ICSC, Danilo Caboclo, e confira a tabela com os resultados finais.

 

29er: Antonio Aranha e Stephan Kunath

 

420 Feminino: Giuliana Tozzi e Marina Arndt

 

420 Masculino: Tiago Brito e Phillip Essle

 

Hibbie Cat 16: Kim Vidal e Antônio Neto

 

RS:X Feminino: Maria Carolina Cruz

 

RS:X Masculino: Brenno Francioli

 

Laser Radial Masculino: Martin Lowi

 

Laser Radial Feminino: Maria Carolina Boabaid

Brasil vai com equipe forte para o Mundial da Juventude, em Portugal

(Por Danilo Caboclo – ICSC)

Campeões da Copa da Juventude foram conhecidos neste sábado (22) após regatas com ventos fortes na raia de Jurerê. Catarinense Maria Carolina Boabaid representará o estado em Tavira, Portugal.

Florianópolis (SC) – 22/03/2014 – Neste sábado (22) o vento finalmente deu as caras em Jurerê e as regatas decisivas da Copa da Juventude aconteceram na Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina definindo a equipe brasileira que disputará o Mundial da categoria em Tavira (Portugal), no mês de julho. Entre os selecionados, destaque para a atleta catarinense Maria Carolina Boabaid, que confirmou a vaga e representará o Iate Clube de Santa Catarina em terras lusitanas.

Mais do que uma melhora, as condições chegaram ao extremo no último dia de competição com as regatas finais sendo disputadas em ventos de até 20 nós (aproximadamente 40km/h). Com isso, os velejadores foram testados durante o dia, provando que estão aptos a competir de igual para igual com os melhores atletas do mundo no mês de julho.

Maria Carolina Boabaid venceu na Laser Radial Feminino tornando-se a única catarinense na equipe brasileira. Contente com o resultado, a atleta do Iate Clube de Santa Catarina comemorou bastante o título em casa. “Estou muito feliz por poder fazer parte da seleção brasileira. Essa é uma oportunidade única. Agora vou treinar bastante para representar bem o país”, comemorou. “Competir em casa é bom, pois eu conheço bem a raia e ainda tenho o apoio da família. As condições aqui ajudam muito, pois treinamos em todos os tipos de vento”, encerrou.

Na versão masculina da prova, uma disputa acirrada entre o paulista Martin Lowy e o gaúcho Antonio Cavalcanti marcou o dia. Com apenas um ponto de diferença, o atleta do Yacht Clube de Santo Amaro levou a melhor. Desta forma, Martin Lowy retorna ao Mundial da Juventude buscando o bicampeonato na competição mais importante para jovens atletas no mundo.

Outro jovem campeão mundial a garantir vaga para o evento em Portugal foi Kim Andrade. Ao lado de Antonio Carlos Neto, a dupla do Yacht Clube da Bahia confirmou o favoritismo vencendo todas as regatas na Hobbie Cat e confirmando presença no Mundial da Juventude.

Na 29er os paulistas Antonio Aranha e Stephan Kunath serão os representantes brasileiros em Tavira. A dupla do Yacht Clube de Santo Amaro venceu todas as regatas disputadas durante a semana em Florianópolis.

Na Classe RS:X o Brasil terá dois fortes atletas compondo a equipe. O carioca Brenno Francioli não deu chances aos adversários, garantindo aproveitamento de 100% nas regatas disputadas. Já na RS:X Feminino, Maria Carolina da Cruz garantiu o posto de número um do país e agora tem a missão de representar o Brasil em Portugal.

Completando a equipe brasileira, o também campeão mundial Tiago Brito, ao lado de seu parceiro Philipp Essle (Clube dos Jangadeiros/Yacht Clube de Santo Amaro, respectivamente) formam a dupla que representará o país na 420 Masculino. Entre as mulheres, as paulistas Giuliana Loureiro Tozzi e Marina Arndt carimbaram o passaporte para o Velho Continente após uma disputa apertada contra Helena Marchi e Elisa Von Fritsch, decidida por apenas dois pontos.

Equipe experiente para representar o país em Tavira:
Após as disputas durante os três dias de competição, a seleção brasileira conheceu seus representantes nas oito categorias. Com um grupo forte e experiente, a expectativa é que os velejadores brasileiros façam um bom papel em Tavira. “Nossa expectativa é de um grande desempenho dos nossos atletas. A competição em Florianópolis foi excelente e muito bem organizada pelo Iate Clube de Santa Catarina. Estamos muito satisfeitos com tudo e vamos para Portugal com um time forte e experiente. Temos atletas que já foram campeões mundiais e outros que tem uma ótima bagagem de competições”, disse otimista Ricardo Baggio “Kadu”, superintendente da Confederação Brasileira de Vela.

 

Clubes: ANI (Associação Náutica de Itajaí), BVC (Búzios Vela Clube), CDJ (Clube dos Jangadeiros), CIC (Capri Iate Clube), CNA (Clube Náutico de Araruama), CNC (Clube Naval Charitas), CRG (Clube de Regatas Guanabara), ICB (Iate Clube Brasileiro), ICRJ (Iate Clube do Rio de Janeiro), ICSC (Iate Clube de Santa Catarina), VDS (Veleiros do Sul), YCB (Yatch Clube da Bahia), YCSA (Yatch Club Santo Amaro)

 

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.