23/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Grizzlies eliminam os Suns e definem classificados aos playoffs da NBA

3 min read

DoZigzagdoesporte Por ESPN.com.br.

Getty

Zach Randolph e Andre Miller (fundo) comandaram Memphis Grizzlies contra o Phoenix Suns
Zach Randolph e Andre Miller (fundo) comandaram os Grizzlies contra os Suns

Estão definidos os 16 classificados aos playoffs da NBA. Na noite desta segunda-feira, em confronto direto pela última vaga da Conferência Oeste, o Memphis Grizzlies levou a melhor sobre o Phoenix Suns, vencendo por 97 a 91, e alcançou uma vaga na pós-temporada pelo quarto ano seguido – melhor marca da franquia.

Com o resultado no US Airways Center, no Arizona, a rodada cheia de quarta-feira, que fecha a temporada regular da liga, definirá apenas as posições das equipes classificadas e, consequentemente, os confrontos da primeira rodada dos playoffs – os Grizzlies, por exemplo, ainda lutam para subir do oitavo para o sétimo lugar.

Além da equipe de Memphis, avançam no Oeste San Antonio Spurs, Oklahoma City Thunder, Los Angeles Clippers, Houston Rockets, Portland Trail Blazers, Golden State Warriors e Dallas Mavericks; e, no Leste, Indiana Pacers, Miami Heat, Toronto Raptors, Chicago Bulls, Brooklyn Nets, Washington Wizards, Charlotte Bobcats e Atlanta Hawks.

Uma das chaves para a classificação dos Grizzlies foi o retorno do espanhol Marc Gasol, que perdeu parte da temporada lesionado, mas retornou em janeiro, colocando sua equipe como a terceira melhor da NBA desde então, com 32 vitórias em 45 jogos. No geral, a campanha da franquia a um jogo do fim é de 49 triunfos e 32 derrotas.

Getty

Phoenix Suns, de Eric Bledsoe, caiu diante do Memphis Grizzlies
Suns, de Eric Bledsoe, estão eliminados

Na final contra os Suns, contudo, quem brilhou foi o pivô Zach Randolph, que conseguiu sua mais alta pontuação na temporada, com 32, e ainda nove rebotes, quase completando um duplo-duplo. O reserva Mike Miller, ex-Heat, foi outro destaque, com 21 pontos saindo do banco, também sua melhor marca neste ano.

Pelos Suns, que tentavam avançar aos playoffs após três temporadas com campanha abaixo dos 50% de aproveitamentos, o destaque foi o reserva Markieff Morris, com 21 pontos. Goran Dragic (14), Channing Frye (14), Eric Bledsoe (13) e Miles Plumlee (12) também na casa dos dois dígitos, mas não foi suficiente para a vitória dos anfitriões.

Na quarta-feira, embora não haja mais classificação em jogo, os Grizzlies voltam à quadra para outra “decisão” contra os Mavericks(transmissão, ao vivo, da ESPN, às 21h, de Brasília). Quem vencer, avança na sétima colocação do Oeste e foge do confronto contra os Spurs – provavelmente, contudo, para encarar Thunder ou Clippers, outras “pedreiras”.

Já os Suns encerram sua surpreendente temporada contra o Sacramento Kings e, se vencer, se tornará apenas o quarto time na história da NBA a ter campanha com 48 ou mais vitórias e, ainda assim, não ir aos playoffs. Até aqui, a franquia do Arizona teve 47 triunfos e 34 derrotas.

Warriors vencem Wolves, mas perdem pivô – Também na noite desta segunda, o Golden State Warriors bateu o Minnesota Timberwolves, por 130 a 120, e garantiu a sexta colocação do Oeste. A má notícia, contudo, foi que o australiano Andrew Bogut teve uma fratura na costela e pode ser desfalque em toda a pós-temporada.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.