03/03/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Pelo campeonato inglês United dá vexame e City toma virada; confira

4 min read

Do ZigZag do Esporte

Campeonato inglês 2013/14.

United dá vexame e perde do West Brom.

Getty

Van Persie - reserva neste sábado -, Carrick e Rooney na derrota para o West Brom
Van Persie – de volta de lesão na virilha e reserva neste sábado -, Carrick e Rooney na derrota para o West Brom

O West Bromwich fez história neste sábado e conseguiu sua primeira vitória em uma edição de Premier League em 19 partidas contra o poderoso Manchester United: 2 a 1, gols de Amalfitano e Berahino. Rooney descontou. Ainda por cima, o resultado foi conquistado em Old Trafford, casa do United.

Este é o pior início de Campeonato Inglês da história dos ‘Red Devils’. Com mais um tropeço – são três derrotas, um empate e apenas duas vitórias em seis rodadas -, os atuais campeões nacionais vão ficando para trás na tabela. O time do recém-chegado técnico David Moyes caiu para a 11ª colocação, com sete pontos. O Arsenal enfrenta o Swansea ainda neste sábado, fora e pode chegar a 15 pontos. O West Brom pulou para o décimo lugar, com oito pontos.

Na próxima quarta-feira o Manchester United vai à Ucrânia para enfrentar o Shahktar Donetsk, pela segunda rodada da fase de grupos da Champions League. No primeiro jogo, venceram o Bayer Leverkusen por 4 a 2, em casa. Pela Premier League, sábado que vem, o duelo é contra o Sunderland, fora de casa. O West Brom recebe o Arsenal no mesmo dia.

O jogo

Getty

Ridgewell acompanha Nani em West Brom e United
Ridgewell acompanha Nani em West Brom e United

O primeiro lance de perigo da partida foi de um brasileiro. Titular, Anderson recebeu belo cruzamento de Kagawa e cabeceou no travessão. O próprio brasileiro pegou o rebote e chutou por cima. O time da casa levava vantagem nas jogadas aéreas e também esteve perto de abrir o marcador.

E o West Brom anotou o primeiro em um golaço de Amalfitano aos nove minutos da segunda etapa. O atacante Francês fez fila até chegar cara a cara com De Gea e tocar por cima do goleiro. Três minutos depois, Rooney cobrou falta na área, ninguém tocou e a bola entrou: 1 a 1.

Os donos da casa ainda levaram perigo em lances casuais, como na cabeçada de Olssen perto da trave e voltaram a passar à frente com a participação de Amalfitano, que tocou de calcanhar para Berahino tocar no canto direito de De Gea.

 

Pensando na Champions, City sofre virada e perde para o Aston Villa.

Getty

Weimann garantiu a virada do Aston Villa e foi comemorar em frente à torcida
Weimann garantiu a virada do Aston Villa e foi comemorar em frente à torcida

A fase não era boa, o goleador belga Benteke estava fora, o desempenho em casa deixava a desejar, mas o Aston Villa, enfim, conseguiu desencantar diante de seus torcedores.

LEIA MAIS
Em casa, United dá vexame, perde do West Brom e tem pior início de Inglês da história
Tottenham cede empate, aumenta seca contra o Chelsea e pode perder liderança

E em grande estilo. Depois de ficar duas vezes atrás no placar, o time reagiu neste sábado, conseguiu a virada no final da partida e surpreendeu o Manchester City vencendo por 3 a 2. Um dos principais problemas da equipe comandada por Paul Lambert vinha sendo o seu desempenho nos compromissos no Villa Park. Até esse jogo, havia perdido nove de seus 13 duelos anteriores.

Não foi assim dessa vez. O marfinense Yaya Touré até abriu o placar no fim do primeiro tempo, conseguindo escanteio e aproveitando confusão para marcar de fora da área. O marroquino El Ahmadi ainda empatou na etapa complementar, porém, Dzeko retomou a vantagem na sequência. Os donos da casa, então, partiram para a improvável reviravolta, anotando com Bacuna em cobrança de falta e chegando à vitória em saída falha de Joe Hart que Weimann aproveitou.

O técnico Manuel Pellegrini decidiu poupar neste fim de semana o argentino Aguero e o espanhol David Silva no lado do City, pensando no confronto com o Bayern de Munique, na quarta-feira, pela Uefa Champions League. Na primeira rodada, as duas equipes venceram por 3 a 0.

Getty

El Ahmadi chuta para marcar o primeiro gol do Aston Villa contra o City
El Ahmadi chuta para marcar o primeiro do Aston Villa contra o City

 

O Aston Villa também não teve a sua força máxima, mas por conta de problemas físicos. O artilheiro Benteke e o meia-atacante Gabby Agbonlahor ficaram de fora, lesionados.

Enquanto o Manchester City finalmente entrava na temporada, com 14 gols nas últimas quatro partidas, o Villa não atravessava o seu melhor momento, tendo arrancado bem na Premier League e perdido a forma nas últimas semanas.

A equipe até começou bem no Villa Park, com maior posse de bola, mas aos poucos foi sendo engolida pelos visitantes, que abusavam da velocidade pela esquerda com Nasri e contando com as subidas de Kolarov. O meia Yaya Touré, que chegou ao seu sexto gol na temporada, também levava perigo. No segundo tempo, a aposta dos comandados de Paul Lambert pelo contra-ataque funcionou e a virada foi conquistada.

Com o resultado o City fica com 10 pontos, na quarta colocação, e agora volta as suas atenções para a Champions League no meio da semana. O Aston Villa sobe para o sexto lugar, com nove, e terá tempo de sobra para se preparar até a visita ao Hull, no próximo sábado.

 

Fonte: espn.com.br

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.