14/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Jogo 100 do Brasil em Copas vira decisão ao invés de festa; ENTENDA.

3 min read

André Linares, Lucas Borges e Paulo Cobos, de Fortaleza (CE).

GETTY

marcelo david luiz hino brasil méxico
Luiz Gustavo, Marcelo, David Luiz e Júlio César após o hino nacional ser cantado à capela no Castelão

A partida da próxima segunda-feira, contra Camarões, em Brasília, tinha tudo para ser uma partida festiva, trata-se do centésimo jogo da seleção brasileira em Copas do Mundo. Bastava uma vitória simples sobre o México, nesta terça, em Fortaleza, para colocar um pé nas oitavas de final, a vaga só não estaria garantida se Camarões batasse a Croácia nesta quarta-feira, em Manaus.

Mas o Brasil não fez sua parte, empatou com os mexicanos por 0 a 0 e o que deveria ser celebração virou obrigação.

A equipe de Luiz Felipe Scolari, empatada com o México na liderança do grupo A, levando vantagem no saldo de gols, à frente de Camarões e Croácia, sem pontos e com um jogo a menos, enfrentará os camaroneses correndo risco de passar um vexame e cair na primeira fase do Mundial.

Histórico

Até completar o centésimo compromisso em copas, a seleção fez partidas memoráveis nos duelos com número redondo, as efemérides.

O décimo confronto em mundiais foi um empate por 2 a 2 com a Suiça, na Copa de 1950, também em casa, no Estádio do Pacaembu. O vigésimo é histórico, 2 a 0 sobre a União Soviética, vitória que ficou marcada pelas entradas de Pelé e Garrincha no time titular que traria o primeiro título mundial ao Brasil, em 1958.

O duelo de número 50 ficou conhecido como ‘A Batalha de Rosário’, encontro decisivo com a Argentina, na segunda fase de 1978, na própria Argentina, que acabou sem gols, mas com um festival de pontapés dos dois lados.

A 70ª partida também aconteceu com o time anfitrião, em 1994, contra os Estados Unidos. O Brasil venceu por 1 a 0, gol de Bebeto e passou às quartas de final.

O jogo 80 foi triste: a seleção poderia ter comemorado o feito sendo pentacampeão, mas perdeu para a França, também dono da casa, por 3 a 0 na final em Saint-Denis.

Veja a lista de efemérides da seleção em copas:

Jogo 10 – 2 a 2 com a Suíça em 1950
20 – 2 a 0 sobre a União Soviética em 1958
30 – 2 a 0 sobre a Bulgária em 1966
40 – 0 a 0 com a Escócia em 1974
50 – 0 a 0 com a Argentina em 1978
60 – 3 a 1 sobre a Irlanda do Norte em 1982
70 – 1 a 0 sobre os Estados Unidos em 1994
80 – 3 a 0 para a França em 1998
90 – 4 a 1 sobre o Japão em 2006
99 – 0 a 0 com o México em 2014

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.