22/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Atlético-PR desencanta, volta a vencer após mais de um mês e afunda Vitória na lanterna; confira todos detalhes e a ficha técnica.

4 min read

Do Zigzagdoesporte por ESPN.com.br.

Depois de um mês e quatro dias, o Atlético-PR finalmente voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. O time atleticano contou com o apoio da torcida na Arena da Baixada para bater o Vitória por 2 a 0 e dar um tempo na crise que vinha assolando a equipe. Marcelo e Hernani marcaram os gols que acabaram com a ‘zica’ paranaense.

O último triunfo atleticano havia sido ainda no dia 10 de agosto, diante do Botafogo. Desde então eram três empates e três derrotas que fizeram o time ficar mais próximo da zona de rebaixamento do que do G-4. A vitória deste domingo ao menos recoloca o Atlético na 11ª colocação, com 28 pontos ganhos.

Já o Vitória segue em seu inferno astral e é mais uma vez o lanterna do Brasileirão, com apenas 18 pontos, três a menos que o Palmeiras, primeiro time fora da zona de risco.

O resultado ainda faz com que o Vitória fique isolado com a pior defesa da competição. O time baiano entrou na rodada com 27 gols tomados, empatado justamente com o Atlético.

As duas equipes voltam a campo já na próxima quarta-feira. O Atlético-PR tem uma missão quase impossível e visita o líder Cruzeiro no Mineirão. Já o Vitória aposta na força do Barradão para tentar se recuperar diante do Fluminense.

O jogo – O Atlético-PR assustou no primeiro minuto de jogo, quando Douglas Coutinho recebeu na linha de fundo e cruzou. Marcelo recolheu a bola na segunda trave e rolou para Bady, que finalizou de primeira. Antes que a bola chegasse ao gol de Fernández, a defesa do Vitória desviou para escanteio.

Aos nove, foi a vez de Dellatorre receber na linha de fundo e cruzar para Douglas Coutinho, que apenas resvalou a cabeça na bola, sem conseguir desviá-la para o gol.

Um erro do goleiro Weverton, aos 28, quase permitiu que o Vitória marcasse o primeiro. O capitão atleticano escorregou na saída da bola, que sobrou para Marcinho. O meia tentou encobrir o arqueiro do Atlético-PR, mas a bola subiu muito e foi para fora.

No lance seguinte, o Atlético-PR conseguiu transformar sua sutil superioridade em gol. Bady aproveitou falha de posicionamento da defesa do Vitória e tocou para Marcelo, que arrancou do meio de campo, invadiu a área e tocou entre as pernas do goleiro Gatito Fernández.

Em nova jogada de velocidade, com troca de passes rápida, o Atlético-PR quase marcou o segundo. Após boa triangulação, que começou nos pés de Marcelo, Mário Sérgio recebeu na área e chutou na saída de Fernández, que fechou bem o ângulo e fez a defesa.

Em rara jogada trabalhada, o Vitória ameaçou o Atlético-PR aos 13 minutos do segundo tempo. Nino Paraíba recebeu de Edno na ponta direita e cruzou para a área. Cáceres apareceu para cabecear e mandou a bola na rede por cima do gol defendido por Weverton.

Aos 21 minutos, o Atlético-PR viu a nova tentativa de ampliar o marcador esbarrar outra vez no goleiro Gatito Fernández. Na meia-lua, Mosquito recebeu de costas para o gol, girou sobre o marcador e finalizou. Fernández, com a ponta dos dedos, conseguiu desviar a bola para escanteio.

O Vitória perdeu sua melhor oportunidade para empatar a partida aos 23 minutos. A defesa do Furacão falhou e a bola sobrou para Edno, que finalizou no peito do goleiro Weverton.

Dois minutos mais tarde, o Atlético-PR marcou o segundo gol. Hernani recebeu na ponta direita e decidiu arriscar para o gol. O chute saiu com velocidade e morreu no canto direito de Fernández, que não conseguiu chegar à bola.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 2 X 0 VITÓRIA

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 14 de setembro de 2014, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Ramires Santos Candido e Fabio Faustino dos Santos (ambos do ES)
Cartões amarelos: Willian Rocha (Atlético-PR); José Welison e Willie (Vitória)
Gols: ATLÉTICO-PR: Marcelo, aos 29 minutos do primeiro tempo, e Hernani, aos 25 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-PR: Weverton; Mário Sérgio, Cleberson, Gustavo e Willian Rocha; Deivid, Hernani e Bady; Douglas Coutinho (Sidcley), Dellatorre (Mosquito) e Marcelo (Paulinho Dias). Técnico: Claudinei Oliveira

VITÓRIA: Fernández; Nino Paraíba, Luiz Gustavo, Kadu e Juan; José Welison (Edno), Cáceres (Guillermo Beltrán), Richarlyson, Escudero (Willie) e Marcinho; Dinei. Técnico:Ney Franco

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.