14/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Peso de ‘gringos’ na artilharia do Brasileiro sobe quase 50%; confira.

2 min read

Paulo Cobos, para o ESPN.com.br.

MONTAGEM ESPN COM GETTY E GAZETA PRESS

Barcos, Eduardo e Moreno: peso gringo na artilharia do Brasileiro
Barcos, Eduardo e Moreno: peso gringo na artilharia do Brasileiro

As comemorações de gol do Brasileiro estão cada vez mais “gringas”. Em 2014, o peso dos estrangeiros na artilharia da competição é praticamente 50% maior do que no ano passado.

Depois de 25 rodadas, 74 gols foram marcados por jogadores de outras nacionalidades (no cálculo estão estrangeiros ‘puros’ e atletas que também são brasileiros, mas jogam por outras seleções, como o croata e flamenguista Eduardo da Silva).

Isso representa 13,4% de todos os gols marcados na competição. Um salto incrível quando comparado com o que aconteceu em 2013. A 25ª rodada, neste final de semana, foi ainda mais estrangeira na artilharia. Dos 26 gols, 8 foram de forasteiros, ou 31% do total.

No ano passado, foram 83 gols estrangeiros, o que representou apenas 8,9% dos 936 tentos marcados naquele Brasileiro.

Agora, existe até a chance de o principal campeonato do país ter um estrangeiro como máximo goleador. Hoje, o líder da disputa é o boliviano Marcelo Moreno, com 12. Logo atrás vem o argentino, e gremista, Barcos, com 11.

Até hoje, só uma vez o Brasileiro teve um artilheiro estrangeiro, mas não de forma isolada. Em 1972, o uruguaio Pedro Rocha, do São Paulo, dividiu o feito com Dario.

Em 2014, nada menos do que cinco times têm forasteiros como principal goleador: além de Cruzeiro e Grêmio, o Corinthians, com o peruano Guerrero, o Botafogo, com o paraguaio Zeballos, e o Inter, com o argentino D’Alessandro.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.