16/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Dudu deixa Aidar furioso, e São Paulo quer Conca para se vingar do Corinthians

3 min read

Caio Blois, Diego Garcia e Jean Pereira Santos, do ESPN.com.br.

FLUMINENSE.COM.BR

Conca comemora o gol sobre o Palmeiras, no Maracanã
Aidar, agora, quer Conca para se vingar do Corinthians por Dudu

A declaração de Dudu de que quer jogar no Corinthians deixou o presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, furioso na noite de segunda-feira. Conforme apurou o ESPN.com.br, o mandatário imediatamente disparou várias mensagens e telefonemas a seus principais subordinados e ordenou que o clube tente de todas as maneiras a contratação de Darío Conca para se “vingar” do rival paulista. Outra fonte disse à reportagem que o São Paulo já até fez proposta oficial a Fluminense e Unimed para contar com o meia argentino. Com relação ao atacante, que pertence ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia, e disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Grêmio, a ordem é esquecê-lo. Uma das estratégias do time tricolor para ter Conca é exatamente a de falar com ambos, Fluminense e Unimed, que vivem clima hostil desde que a cooperativa de planos de saúde deixou de ser a patrocinadora máster do clube. No entanto, ela segue, por contrato, como responsável pelo pagamento dos direitos de imagem dos principais jogadores tricolores, casos de Fred e do próprio Conca, por exemplo. Porém, o diretor de futebol do Fluminense, Fernando Simeone, nega veeementemente que tenha recebido qualquer proposta são-paulina. “Não. Mentira. Não recebemos nenhuma proposta pelo Conca”, disse. O presidente do clube, Peter Siemsen, e o vice-presidente de futebol, Mário Bittencourt, não responderam o contato com a reportagem. Outra carta que o São Paulo usa para tentar caminhar na negociação, complicada, é uma composição na área de marketing com a Unimed – não há ainda detalhes de como seria esta operação.

GAZETA PRESS

Aidar convocou entrevistas para explicar denúncias
Aidar ficou furioso com declaração de Dudu

Desistindo de Dudu, o clube paulista ainda tem 700 mil euros (cerca de R$ 2,2 milhões) na mão para investir em Conca, valor que seria pago à vista ao Dínamo de Kiev como a primeira de cinco parcelas dos 3,5 milhões de euros (R$ 11 milhões) que ofereceu por mais da metade dos direitos do atleta. “Eu já tinha dado minha palavra ao Edu (Gaspar, gerente de futebol). Se ele acertasse com o Dínamo, eu iria jogar lá. Quero jogar no Corinthians. Essa é a minha vontade. Estou conversando com o Gil (zagueiro) há bastante tempo e ele sempre me disse da grandeza que o clube tem”, disse Dudu ao “GloboEsporte.com”. No último domingo, em entrevista à ESPN Brasil, o presidente da Unimed, Celso Barros, revelou ter ficado a par de uma proposta do Flamengo ao Fluminense por Conca, mas que a mesma havia sido prontamente rejeitada. Ao blogueiro do ESPN.com.br Mauro Cezar Pereira, o presidente do Fluminense, Peter Siemsen, revelou na segunda-feira, dia 5, que “não libera” o argentino para o rival rubro-negro ou para o Corinthians. “Fizemos uma sondagem, sim, mas existe a realidade. Negociar um atleta desse gabarito não é fácil”, disse o gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, em entrevista nesta terça-feira no centro de treinamento do clube.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.