13/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Rampage volta com vitória fácil, Demetrious segue dominante e revelação brasileira massacra; confira.

2 min read

Gleidson Venga, especial para o ESPN.com.br.

Getty

Rampage passou sem muitas dificuldades por Fábio Maldonado
Rampage passou sem muitas dificuldades por Fábio Maldonado

Não tem jeito: não tem mesmo para ninguém nos pesos mosca do UFC. Demetrious Johnson emplacou a oitava vitória consecutiva ao dominar e finalizar o japonês Kyoji Horiguchi na madrugada deste sábado para domingo, no Canadá, mantendo assim o cinturão da categoria. Na luta anterior à defesa do título, o veterano Quinton Rampage Jackson confirmou o favoritismo ao vencer o brasileiro Fábio Maldonado por decisão unânime. Mas nem tudo foi tristeza para o Brasil. Na abertura do card principal, Thomas Almeida deu mais um show e superou Yves Jauboin por nocaute técnico ainda no primeiro round.

Getty

Demetrious segue dominando o peso mosca
Demetrious segue dominando o peso mosca
Demetrious Jonhson defendeu pela sexa vez o cinturão peso-mosca do UFC. Kyoji Horiguchi até tentou desbancar o campeão, mas a velocidade e o preparo físico do norte-americano ditaram ritmo da luta. Nos cinco rounds Johnson foi superior, impondo golpes velozes e quedas. No quinto e último round, Demetrious Johnon confirmou a superioridade ao encaixar, a um minuto do fim, uma inapelável chave de braço, que fez o japonês bater e desistir da luta.

Quinto Rampage Jackson e Fábio Maldonado decepcionaram e não fizeram uma luta empolgante. Melhor para o norte-americano, que, seguro, foi superior ao brasileiro conectando mais golpes em pé e levou a melhor através da decisão unânime dos juízes laterais. Foi a quarta vitória consecutiva do ex-Pride, que venceu as três anteriores no Bellator. No UFC, ele vinha de três derrotas, e não vencia desde 2011.

A promessa brasileira entre os pesos-galos Thomas Almeida emplacou a 18ª vitória consecutiva – a segunda no UFC – ao não tomar conhecimento do experiente Yves Jabouin e vencer por nocaute técnico no último minuto do primeiro round, depois de mostrar toda a sua já conhecida técnica no jogo em pé. O norte-americano até começou melhor, mas não resistiu à agressividade nata do brasileiro, que chegou ao nocaute ao encurrala-lo na grande com socos potentíssimos.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.