01/03/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Sada/Cruzeiro se vinga, bate russos e Brasil conquista título inédito na história do Mundial de Clubes de vôlei

2 min read

Do ZigZag do Esporte.

Mundial de clubes de Vôlei 2013.

Divulgação/FIVB

Leal (esq), do Sada/Cruzeiro, ataca contra o bloqueio do Lokomotiv
Leal (esq), do Sada/Cruzeiro, ataca contra o bloqueio do Lokomotiv

Com amplo apoio da torcida em Betim, que lotou o ginásio com 7.200 pessoas, o Sada/Cruzeiro não deu chances e atropelou o Lokomotiv Novosibirsk com uma categórica vitória por 3 a 0 (parciais de 25/20, 25/19 e 25/20) neste domingo, na final do Mundial de Clubes de vôlei.

LEIA MAIS
Em disputa ponto a ponto, Trentino leva terceiro lugar do Mundial de Clubes de vôlei

Divulgação/FIVB

Filipe Ferraz comemora ponto para o Sada/Cruzeiro contra o Lokomotiv
Filipe Ferraz comemora ponto para o Sada/Cruzeiro

O Cruzeiro conquistou sua primeira vitória no torneio internacional, depois de ter sido vice-campeão em 2012, contra o Trentino, que neste ano garantiu o terceiro lugar na competição contra o UPCN.

Foi a segunda vez que a equipe mineira enfrentou o Lokomotiv Novosibirsk na competição. Na primeira fase, o time russo levou a melhor, vencendo por 3 a 2 o confronto que valeu a liderança do grupo B do torneio.

É a primeira vez na história do campeonato que um clube não italiano vence. O Mundial de Clubes de vôlei começou em 1989, mas em 1992 fez uma pausa e só voltou em 2009, portanto, esta é a 9ª edição do torneio.

No primeiro set, ainda sob a tensão da decisão, o Lokomotiv Novosibirsk saiu na frente, mas na metade do set, o Cruzeiro passou a dominar completamente o jogo, fazendo 1 a 0 no placar com a parcial de 25/20, com o levantador William marcando o match point.

Depois de garantir a vantagem inicial, o Sada não encontrou mais nenhuma dificuldade. O cubano Camejo, do time russo, que já jogou no Brasil, no extinto Vôlei Futuro, até tentou salvar os russos algumas vezes, mas Leal, que foi o maior pontuador do time celeste no jogo com 13 pontos, Wallace, que fez 12 e Felipe, colocaram a equipe na frente, que fechou o set por 25/19 e fizeram 2 a 0.

No último e decisivo set, os russos quase não conseguiram fazer a equipe funcionar. Tinham problemas no bloqueio, enquanto o time celeste acumulava cada vez mais pontos em sintonia. No match point, o Lokomotiv sacou para fora e o Cruzeiro comemorou o título mundial inédito.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.