29/05/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Djokovic vira sets, é campeão em Paris e mantém sonho de fechar ano no nº 1

3 min read

Djokovic vence Ferrer e conquista o Master 1000 de Paris 2013.

Do ZigZag do Esporte/Master 1000 de Paris 2013.

Final do Masters 1000 de Paris

Djokovic comemora ponto marcado na dura partida contra David Ferrer, na final de Paris AFP PHOTO / KENZO TRIBOUILLARD

Novak Djokovic precisou lutar duramente. Começou dois sets atrás, viu David Ferrer ter o saque na mão para fechar as parciais, mas foi seguro e friou: virou duas vezes o placar, fechou o jogo em 2 sets a 0 e conquistou seu sexto título do ano, o 40º da carreira. No Masters 1000 de Paris, o sérvio teve muitas dificuldades, mas fez valer seu favoritismo e sua experiência contra o espanhol para triunfar por um duplo 7-5, em 1h52.

O tenista sérvio ainda sonha em fechar a temporada 2013 como líder do ranking, posição que é atualmente ocupada pelo espanhol Rafael Nadal. Ele precisa de uma grande semana no ATP Finals e terá de torcer para o número 1 do mundo não tenha sucesso.

Djokovic e Ferrer se enfrentaram 17 vezes, agora com 11 vitórias para o sérvio. O espanhol tem como vitória mais recente neste retrospecto um 2 sets a 0 em 2011, no ATP Finals.

Depois de Paris, todas as atenções se voltam para o ATP Finals, campeonato que reúne os oito melhores tenistas do ano e será realizado em Londres. O Brasil tem representantes nas duplas, com Bruno Soares e Marcelo Melo. Nas simples, os grupos já foram definidos: o Grupo A tem Rafael Nadal, Ferrer, Tomas Berdych e Stanislas Wawrinka; o Grupo B é formado por Djokovic, Roger Federer, Juan Marin Del Potro e Richard Gasquet.

O jogo

Mostrando que está em boa fase e que não tem medo de encarar os tops do ranking, Ferrer não demorou a tentar botar pressão no saque de Djokovic. O esforço compensou no quinto game, com a primeira quebra do jogo.

Mas o sérvio não desistiu da parcial. Tanto que chegou a ver Ferrer ter 5-4, com saque para fechar, e foi aí que conseguiu sua quebra, para virar em seguida. Djokovic manteve o embalo e conquistou dois break points para vencer o espanhol com 7-5 e evitar uma batalha no tie-break.

Se o fim de set poderia dar a imaginar que o sérvio deslancharia, não foi o que se viu. Ferrer forçou erros de Djokovic, que não conseguiu manter o nível e teve o saque quebrado logo no primeiro game.

Mas o roteiro parecia seguir o mesmo que se viu na parcial inicial: Ferrer bobeou em seu saque com 5-4 e permitiu o empate, colocando por água abaixo a vantagem construída anteriormente. Com mais uma quebra, Djokovic ganhou a taça: mais um 7-5.

 

Fonte: Do UOL, em São Paulo

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.