03/03/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Brasil leva 25 medalhas em torneios de 2013 e vira top 8 rumo à Rio-2016

3 min read

Do ZigZag do Esporte.

1.000 dias para o Rio 2016: Brasil seria Top 8

Brasil é Top 8: Brasileiros ganham 25 medalhas em Mundiais de esportes olímpicos em 2013 Arte UOL

O Brasil está a exatamente mil dias de receber a sua primeira Olimpíada, e a preparação de grande parte dos atletas que vão competir no evento já começou. Aliás, não só começou, como já mostra seus primeiros resultados. Neste ano, o primeiro do ciclo dos Jogos de 2016, esportistas brasileiros conquistaram 25 medalhas internacionais em modalidades que estarão no programa e colocaram o país rumo a atingir sua meta para a Rio-2016: terminar o evento no top 10 do quadro geral de medalhas.

O número de conquistas de 2013 é inédito para o início de uma preparação para os Jogos Olímpicos. Ele leva em consideração apenas medalhas ganhas do início de janeiro ao início de novembro, mas já é superior à quantidade de conquistas do início dos últimos três ciclos de preparação olímpica. Em 2001, o Brasil conquistou sete medalhas; em 2005, 11; em 2009, nove.

A quantidade de medalhas obtidas em 2013 pode até ser ampliada nos últimos meses do ano já que três campeonatos mundiais ainda serão disputados (ginástica de trampolim, vela classe laser e handebol). Mesmo assim, se ela for mantida na Rio-2016, seria suficiente para deixar o Brasil em oitavo lugar, de acordo com um monitoramento mantido pelo COB.

O comitê olímpico contabiliza o número de medalhas conquistadas pelo Brasil e países concorrentes em todos os campeonatos mundiais de modalidades olímpicas. Com isso, acompanha medalha a medalha a preparação da equipe de atletas brasileiros para a próxima edição do evento esportivo, que começa em 5 de agosto de 2016.

No balanço do COB, com 25 medalhas, o Brasil aparece à frente do Japão e da Coreia do Sul num quadro de medalhas hipotético. Ambos países obtiveram 24 medalhas neste ano. O Brasil também fica à frente de Hungria e Itália, que já conquistaram 23 e 22 medalhas em campeonatos mundiais de modalidades olímpicas neste ano, respectivamente. Todos os quatro países terminaram a Olimpíada de Londres, em 2012, à frente do Brasil no quadro geral de conquistas.

Nos jogos Olímpicos do ano passado, o Brasil conquistou 17 medalhas (maior número da história) e terminou como o 16º país com mais conquistas, no quadro geral. Levando em conta pesos diferentes para medalhas de ouro, prata e bronze, o país apareceu pior: 22º. Os resultados do início da preparação para a Rio-2016, entretanto, já levam dirigentes e membros do governo a projetarem uma melhor qualificação nos Jogos do Rio.

“Em termos de resultados, este é o melhor ano pós-olímpico do Brasil. Isso não é garantia de medalhas para 2016, mas mostra que estamos no caminho para atingir a meta de terminar os Jogos 2016 entre os 10 primeiros colocados no quadro geral de medalhas”, disse Marcus Vinicius Freire, diretor-executivo de esportes do COB.

 

Fonte: Renan Rodrigues e Vinicius Konchinski
Do UOL, no Rio de Janeiro

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.