18/06/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Cria de Guardiola vira ‘fantasma’ com Tata e deve deixar o Barcelona

3 min read

Ele treina com os jogadores do Barcelona, está nos pôsteres do elenco no caminho entre o vestiário e o gramado do Camp Nou, tem sua camisa vendida na loja oficial do clube.

Mas, na prática, Issac Cuenca é um fantasma.

O atacante, de 22 anos, não jogou um minuto sequer na temporada 2013-14. Nem ficou no banco. Pior: nem mesmo na pré-convocação para os jogos o catalão entrou.

A temporada para Cuenca começou com o atleta recuperando-se de uma lesão, o que explicaria suas primeiras ausências nas listas de Tata Martino. Mas, com a recuperação do jogador, desde outubro, a situação do jogador foi ficando nebulosa.

Getty Images

Cuenca não foi convocado para nenhum jogo do Barcelona neste ano
Cuenca não foi convocado para nenhum jogo por Tata Martino

A imprensa começou a perguntar para o treinador sobre o atacante. “Nem sempre a alta médica significa que o jogador está pronto para voltar”, disse o treinador, poucos dias depois do retorno do atleta aos treinamentos.

Então, em novembro, veio a lesão de Messi. Tello, que seria uma das opções para a posição, também se machucou. Mas Cuenca seguiu fora das listas de convocação.

Para o jogo contra o Granada, pela Liga Espanhola, em 23 de novembro, Martino recorreu a Jean-Marie Dongou, do Barcelona B, e a Adama Traoré, do Juvenil A. O mesmo foi feito para o duelo contra o Ajax, pela Champions League, quatro dias mais tarde. Cuenca seguia fora.

Outro capítulo da temporada fantasma do atacante aconteceu no começo deste ano. Na lista para a “final” do primeiro turno do Campeonato Espanhol, contra o Atlético de Madri, o holandês Afellay foi incluído mesmo estando machucado e sem condições de jogo. Cuenca, de novo, não foi lembrado.

Aposta, lesões e saída – Nascido em Reus, na Catalunha, Cuenca começou a jogar futebol nas categorias de base do Espanyol, e o chegou ao Barcelona em 2003, aos 12 anos. Depois de passar três temporadas no clube, saiu e foi jogar no Reus Deportiu e no Damm.

De volta ao Barcelona, em 2009, aos 18 anos, ele entrou no radar do treinador Pep Guardiola, que passou a convocá-lo para treinos com a equipe principal. Em 19 de outubro de 2011, Cuenca estreou em um duelo contra o Viktoria Plzen, pela Champions League. No dia 29, em seu terceiro jogo – o primeiro como titular – ele marcou na vitória por 5 a 0 sobre o Mallorca.

Getty

Cuenca em campo? Até agora, a cena não aconteceu na temporada
Cuenca em campo? Até agora, a cena não aconteceu na temporada

Em janeiro de 2012, Cuenca renovou seu o contrato até 2015. Mas, desde então, pouco jogou. Culpa de duas lesões nos joelhos. A primeira aconteceu no início da temporada 2012/13. Então, o atacante foi emprestado para o Ajax. Em março do ano passado, após somente três jogos oficiais pelo clube holandês, uma nova lesão no joelho fez o empréstimo terminar.

A situação atual de Cuenca deve se manter até o mercado de transferências, em junho. O Barcelona aguarda propostas pelo jogador – nos bastidores, diz-se que há pelo menos duas.

A antiga promessa deixará o clube. Mas, até lá, deve continuar sendo um fantasma.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.