21/02/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Massa é atingido e abandona na 1ª curva; Rosberg vence GP da Austrália

3 min read

DoZigzagdoesporte por UOL, em São Paulo.F-1.

GP da Austrália

Irritado com batida, Felipe Massa gesticula após sair de seu carro; piloto precisou abandonar a corrida REUTERS/Jason Reed

A esperada estreia de Felipe Massa na Williams durou apenas uma curva. O piloto brasileiro foi atingido por uma descontrolada Caterham, de Kamui Kobayashi, segundos após a largada. A forte trombada fez com que os dois deixassem a prova da Austrália. O 1º GP do ano foi vencido por Nico Rosberg, da Mercedes.

Daniel Ricciardo, da Red Bull, e Kevin Magnussen, da McLaren, completaram o pódio, em 2º e 3º lugares, respectivamente. MasRicciardo foi eliminado da prova. A FIA investiga se o carro do australiano estava com quantidade de combustível acima do permitido. Button foi o 4º, Alonso o 5º e Bottas o 6º.

Massa largou em 9º, percorreu a reta inicial e se preparava para o contorno da 1ª curva. Foi quando Kobayashi veio de trás e demorou a frear, acertando em cheio a Williams do brasileiro.

“Porrada na traseira é perigoso. Uma pena porque o carro estava bom e tudo acabou na primeira curva. Vamos ver a próxima. É difícil achar palavra. Não tem o que falar”, lamentou Massa à Rede Globo.

“Ele não usou a cabeça”, esbravejou o brasileiro.

O japonês usou a rede social para pedir desculpas a Massa. A FIA inocentou Kobayashi, informando que o erro ocorreu por problemas técnicos da Caterham. Curiosamente, Massa e Kobayashi se cumprimentaram com largo sorriso antes da prova, já na pista. Os dois são amigos.

O abandono prematuro de Massa amplia o histórico negativo do piloto na Austrália. Nas 12 vezes em que correu em solo australiano, Massa conseguiu apenas um pódio (3º lugar em 2010), e coleciona quatro saídas por acidentes.

A largada foi abortada devido a um problema mecânico na Marussia de Jules Bianchi. Os carros tiveram de dar uma nova volta de aquecimento, além da de apresentação. Quando foi dado o sinal verde, Nico Rosberg deixou Ricciardo e Hamilton para trás e pulou para a liderança.

O alemão da Mercedes não precisou de muito tempo para abrir boa vantagem sobre os concorrentes.

O GP da Austrália acabou cedo também para Sebastian Vettel e Lewis Hamilton. Os dois campeões tiveram de abandonar por problemas no motor e não completaram seis voltas.

Ao contrário do que ocorreu no treino oficial, a chuva não apareceu no circuito de Albert Park. O piso seco possibilitou melhor acerto dos novos carros após profundas mudanças no regulamento para a temporada.

Agora os carros consomem menos combustível. A potência do motor diminuiu.

O pelotão de frente era praticamente todo ele composto por equipes com motores Mercedes. A exceção era Ricciardo, da Red Bull, que permanecia na 2ªcolocação.

Estreante na categoria, Kevin Magnussen, da McLaren, mostrou desenvoltura, logo atrás de Rosberg e Ricciardo.

Os pilotos da Ferrari, Fernando Alonso e Kimi Raikkonen, seguiam na zona de pontuação, sem ameaçar os primeiros colocados.

A quatro voltas do fim em Melbourne, Magnussen se aproximou de Ricciardo em busca da segunda colocação, mas o australiano conseguiu manter a posição, para delírio da torcida local.

Hulkenberg foi o 7º colocado, seguido, em ordem, por Raikkonen, Vergne, Kvyat, Perez, Sutil, Gutierrez, Chilton e Bianchi.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.