29/05/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Shogun começa bem, mas é nocauteado por Henderson na revanche em Natal

3 min read

DoZigzagdoesporte Por ESPN.com.br.

Getty

Maurício Shogun foi nocauteado por Dan Henderson no UFC Natal
Maurício Shogun foi nocauteado por Dan Henderson no UFC Natal

Maurício Shogun esteve a alguns segundo de devolver a derrota de três anos atrás para Dan Henderson. A revanche de uma das melhores lutas da história do UFC, contudo, teve o mesmo desfecho do combate de 2011: com vitória do norte-americano, desta vez, por nocaute.

O triunfo do lutador de 43 anos foi garantido no terceiro assalto, em golpe que lembrou os melhores momentos de Henderson no MMA. A mão direita do norte-americano entrou em cheio no rosto de Shogun com 1min31s. O brasileiro caiu, resistiu por alguns instantes, mas não teve jeito.

Antes da “bomba” do ex-campeão do Pride e do Strikeforce, Shogun esteve muito perto de vingar o revés do UFC 139. No primeiro e segundo rounds, o brasileiro teve momentos para nocautear Henderson, mas não conseguiu. Acabou pagando o alto preço mais tarde.

Embora tenha terminado perto do nocaute, o primeiro assalto começou bastante estudado. A luta só esquentou quando o norte-americano partiu para cima e acabou sendo castigado por Shogun no contra-ataque. Com boa sequência, o brasileiro castigou Henderson, que foi ‘salvo pelo gongo’.

Getty

Shogun esteve perto de nocautear Henderson no 1º round
Shogun esteve perto de nocautear Henderson no 1º round

Nos cinco minutos seguintes de luta, a idade de Henderson pareceu pesar. O norte-americano foi presa fácil para Shogun, que, desta vez, ao invés de apostar em seu poder de nocaute, trabalhou o combate no chão. O veterano só conseguiu se levantar no fim do round.

Na volta para o terceiro assalto, a situação parecia dominada por Shogun. Henderson partia para cima, mas não conseguia ser efetivo nos golpes. Com a distância curta, porém, a mão direita entrou pesado no rosto de Shogun, acabando com as dúvidas que existiram na primeira luta.

Em novembro de 2011, Shogun e Henderson saíram do UFC 139 para ganhar o prêmio de melhor luta daquele ano. O combate deste domingo não deve repetir a honraria, mas não deixa dúvidas que o norte-americano tem seu nome assegurado entre os melhores da história do esporte.

Aos 43 anos, Henderson conseguiu a segunda vitória sobre Shogun, lutador que, apesar dos altos e baixos, também tem seu lugar garantido entre os grandes nomes do MMA. Não é para qualquer um.

Veja todos os resultados do UFC Natal:

CARD PRINCIPAL 
Dan Henderson venceu Maurício Shogun por nocaute aos 1min31s do terceiro round
CB Dollaway venceu Cézar Mutante por nocaute aos 39s do primeiro round
Léo Santos e Norman Parke empataram por decisão majoritária dos jurados (29-27, 28-28 e 28-28)
Fábio Maldonado venceu Gian Villante na decisão unânime dos jurados (29-27, 29-28 e 29-28)
Michel ‘Trator’ Prazeres venceu Mairbek Taisumov na decisão unânime dos jurados (30-25, 30-25 e 30-25)
Rony Jason venceu Steven Siler por nocaute a 1min17s do primeiro round

CARD PRELIMINAR
Thiago Marreta venceu Ronny Markes por nocaute técnico aos 53s do primeiro round
Jussier Formiga venceu Scott Jorgensen por finalização (mata-leão) aos 3min7s do primeiro round
Kenny Robertson venceu Thiago Bodão por finalização (mata-leão) a 1min45s do primeiro round
Hans Stringer venceu Francimar Bodão na decisão dividida dos jurados (29 a 28, 28 a 29 e 29 a 28)
Godofredo Pepey venceu Noad Lahat por nocaute aos 2min39s do primeiro round.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.