18/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

MP diz que Beira-Rio não tem condições de sediar jogos, e final do Gaúcho deve ser em Caxias

3 min read

DoZigzagdoesporte Por ESPN.com.br.

Gazeta Press

Estádio gaúcho da Copa do Mundo, Internacional não atua no Beira-Rio há um ano
Beira-Rio foi reinaugurado em grande evento, mas deve ser vetado para a final do Gauchão

O MP-RS (Ministério Público do Rio Grande do Sul) deve tirar a final do Campeonato Gaúcho do Beira-Rio, estádio do Internacional e uma da sedes da Copa do Mundo de 2014. Em nota divulgada nesta terça-feira, o órgão notificou a FGF (Federação Gaúcha de Futebol) sobre a falta de condições da arena em sediar o Gre-Nal marcado para o próximo domingo.

“O Estádio Beira-Rio não reúne, no momento, as condições exigidas pelo artigo 23 do Estatuto do Torcedor para sediar partidas oficiais de futebol. […] Não foram remetidos ao Ministério Público os laudos de segurança, de vistoria de engenharia, de prevenção e combate a incêndio, de condições sanitárias e de estabilidade estrutural, previstos no Estatuto do Torcedor”, diz trecho da nota.

O MP-RS ainda alerta que, como o entorno do Beira-Rio ainda está com obras em andamento para o Mundial, os restos de materiais de construção podem ser perigosos. “Desta maneira, a FGF deve abster-se de designar qualquer evento desportivo profissional para o local até que sejam apresentados os laudos exigidos por lei”, afirma o órgão.

Com isso, a final do Gauchão deve ser no estádio Centenário, em Caxias do Sul, onde o Internacional mandou boa parte de seus jogos durante o período em que o Beira-Rio estava sendo reformado. Na ida, disputada na Arena do Grêmio, os colorados venceram por 2 a 1 e precisam apenas de um empate para ganhar o Estadual.

Vale lembrar que, no último domingo, o Inter reinaugurou seu estádio com grande festa e um amistoso contra o Peñarol, do Uruguai, vencido por 2 a 1 pela equipe de Porto Alegre.

Confira a nota do Ministério Público de Rio Grande do Sul:

A Promotoria de Justiça Especializada do Torcedor emitiu nesta quarta-feira, 9, notificação à Federação Gaúcha de Futebol (FGF) informando que o Estádio Beira-Rio não reúne, no momento, as condições exigidas pelo artigo 23 do Estatuto do Torcedor para sediar partidas oficiais de futebol.

No documento, o Promotor de Justiça José Francisco Seabra Mendes Júnior reitera que não foram remetidos ao Ministério Público os laudos de segurança, de vistoria de engenharia, de prevenção e combate a incêndio, de condições sanitárias e de estabilidade estrutural, previstos no Estatuto do Torcedor. Ele ressalta que a etapa de eventos-teste já foi superada e que a partida entre Sport Club Internacional e Grêmio, que representa a final do Campeonato Gaúcho de 2014, é inviável sem o expresso cumprimento da lei.

A cientificação reforça, ainda, que o Beira-Rio está com obras em andamento e que, sabidamente, o entorno da praça desportiva apresenta restos de materiais de construção. Por fim, o documento ressalta que o Estatuto prevê que a venda de ingressos seja realizada até 72 horas antes do início da partida correspondente. Desta maneira, a FGF deve abster-se de designar qualquer evento desportivo profissional para o local até que sejam apresentados os laudos exigidos por lei.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.