23/05/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

COI cobra atrasos no Rio-2016 e cogita basquete em SP: ‘Situação mais crítica em 20 anos’

3 min read

Por ESPN.com.br.

Divulgação

Projeto do Parque Olímpico dos Jogos de 2016, na região Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro
Projeto do Parque Olímpico dos Jogos de 2016, na região Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro

Os atrasos nas obras para a Olimpíada de 2016 no Rio de Janeiro estão preocupando a alta cúpula do Comitê Olímpico Internacional (COI). Durante a Assembleia Geral da Associação das Federações Internacionais Olímpicas de Verão, em Belek, na Turquia, nesta quarta-feira, o italiano Francesco Ricci Bitti, membro da Comissão de Coordenação do COI para os Jogos de 2016, fez cobranças e críticas aos preparativos para o evento no Brasil.

“O sentimento é geral de que estamos na situação mais crítica de preparação para os Jogos nos últimos 20 anos, no mínimo”, alertou Bitti.

A pouco mais de dois anos da Olimpíada, a principal preocupação é com o Complexo Esportivo de Deodoro, que sediará oito modalidades, nem sequer começou a ser construído. Por causa disso, as 18 federações esportivas presentes na assembleia fizeram questionamentos e pediram um plano B. A única entidade que não reclamou foi a de vôlei. Os problemas fizeram o COI cogitar inclusive que alguns jogos de basquete, a princípio marcados para Deodoro, sejam disputados em São Paulo.

CNH/Bruno Carvalho

Complexo Esportivo Deodoro é o mais atrasado
Complexo Esportivo Deodoro é o mais atrasado

“Está ficando muito sério. Podemos ser flexíveis na questão da infraestrutura, mas não com relação às sedes esportivas, e algumas delas estão em risco. Mesmo para aquelas que não se consideram em risco, não vemos uma noção de urgência. Temos que sentar e começar a procurar planos B”, afirmou Bitti, que também é presidente da Associação das Federações Internacionais Olímpicas de Verão e da Federação Internacional de Tênis.

O italiano Ricci Bicci preferiu não relacionar os problemas de preparação da Olimpíada com os que estão acontecendo no Brasil antes da Copa do Mundo de 2014. Ele também ainda preferiu não falar na possibilidade de tirar os Jogos de 2016 do Rio de Janeiro, mas deixou claro que a cidade precisa acelerar os trabalhos o quanto antes.

“A Copa é um estádio, um hotel, em várias cidades. O Rio tem vários problemas. Temos que agir agora, porque se esperarmos mais seis meses a situação pode ficar muito séria. O comitê organizador está fazendo seu melhor, mas o governo não está apoiando. Não podemos esperar sempre que, no final, tudo estará resolvido. São os hábitos e o estilo dos sul-americanos, que não estão acostumados a sediar grandes eventos como esse”, disse o membro do COI.

Rio-2016 responde – O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016 respondeu nesta quinta às críticas feitas pelo COI. No comunicado divulgado à imprensa, o Comitê Rio-2016 afirma que ‘ouviu com atenção os comentários feitos pelas federações esportivas internacionais”, tem “consicência que questões precisam ser resolvidas”, mas não tem “nenhuma dúvida de que o Rio vai realizar grandes Jogos”.

Confira na íntegra o comunicado divulgado pelo Rio-2016:

“Ouvimos com atenção os comentários feitos na Turquia pelas Federações Esportivas Internacionais. Levamos suas preocupações em consideração. O diálogo é constante entre o Rio 2016 e todos os nossos parceiros. Trabalhar em equipe é a melhor e a única maneira de avançar. Conversamos com o Comitê Executivo do Comitê Olímpico Internacional (COI) hoje. O compromisso de trabalhar em conjunto foi renovado. Esse é o espírito de parceria que valorizamos. Temos plena consciência das questões que precisam ser resolvidas. Estamos gratos pela contribuição de todas as partes envolvidas. Progresso foi feito nas últimas duas semanas desde a visita da Comissão de Coordenação do COI para o Rio 2016. Avançamos a cada dia. Não temos absolutamente nenhuma dúvida de que o Rio vai realizar grandes Jogos.”

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.