25/05/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Jornalista dinamarquês deixou Brasil por medo e promete lançar documentário

4 min read

Maurício Dehò
Do UOL, em São Paulo.

O jornalista dinamarquês Mikkel Keldorf Jensen gerou polêmica ao anunciar sua “desistência” em cobrir a Copa do Mundo no Brasil, por conta dos problemas que encontrou no país às vésperas do evento. Em um longo texto no Facebook, ele detalhou sua decisão e o resultado foi uma enxurrada de opiniões sobre o tema, tanto a favor quanto contra. O UOL Esporte procurou Mikkel para saber quem é o jornalista elogiado por muitos e criticado por tantos outros e como ele viu a reação às suas palavras. E ele admitiu que a decisão de voltar à Europa foi por medo.

“Eu esperava que o que escrevi repercutisse. Na Dinamarca isso já havia sido bem recebido. Mas não esperava que acontecesse dessa forma, que pessoas como Romário compartilhassem meu post no Facebook”, afirmou o dinamarquês. Em seu texto, ele denuncia corrupção, remoção de pessoas para obras de infraestrutura, o fechamento de projetos sociais nas comunidades e até a morte de crianças em áreas pobres.

“A intenção era fazer com que as pessoas se dessem conta do que está acontecendo. Eu acho que fiquei no Brasil um bom tempo e vi o que estava acontecendo. É difícil ir para o Brasil para um mês de Copa e entender o que se passa. Como fiquei um bom tempo e falei com muita gente, especialmente de regiões pobres, eu consegui ver isso”, acrescentou ele, que diz estar acompanhando o debate sobre suas críticas e disse não ter recebido ameaças diretamente de brasileiros. Mas foi um aviso de colegas de profissão brasileiros que o fez deixar o país.

Mikkel já voltou à Dinamarca depois de desistir do sonho inicial de cobrir a Copa no país mais famoso pelo futebol. E em parte a decisão foi por medo. Ele diz que está produzindo um documentário sobre sua passagem pelo país e que vai divulgá-lo em uma TV local antes da realização da Copa.

 

Reprodução/Youtube

Mikkel Keldorf Jensen, da Dinamarca, veio ao Brasil e passou por Rio de Janeiro e Fortaleza filmando e entrevistando personagens para seu documentário

 

“Muitos jornalistas brasileiros disseram que se eu falasse disso, seria perigoso permanecer no Brasil. Nos seis meses que fiquei aqui, fiquei realizando entrevistas e filmando este documentário, que pretendo lançar antes da Copa. Esse documentário fala do preço da Copa do Mundo, o preço humano e social da Copa do Mundo”, afirmou.

O dinamarquês não é de nenhuma grande mídia em seu país. Ele é um jornalista independente, que faz matérias e as vende para a imprensa local. Ele esteve em 2012 no Brasil para estudar português e relações internacionais. Em 2013, foi correspondente em Xangai. E em 2014 voltou para sua cobertura independente de Copa, passando por Rio de Janeiro e Fortaleza. A capital cearense é alvo de suas maiores críticas.

Mikkel explica que é ele próprio quem bancou sua viagem e que sua intenção não é ficar rico ou famoso expondo sua visão do Brasil. “Eu pago tudo, ninguém paga as minhas viagens. Não estou nessa para ser rico. Eu gastei muito nessas viagens. Se eu não quisesse, nada disso teria acontecido.”

Questionado sobre o fato de muito pouco material com seu nome ter sido publicado na imprensa de seu país, uma crítica recorrente após o seu post, ele disse que essa não era a intenção. “Eu não quero ser um jornalista de hard news, e sim um documentarista. Por isso não saíram as coisas ainda. Tudo estará no documentário”, defendeu-se.

Apesar das críticas, Mikkel sabe que o que divulgará terá pouco impacto no megaevento que acontece daqui a dois meses. “Eu acho que os maiores problemas já aconteceram. Não acho que haverá muitos problemas durante a Copa, eles já ocorreram, quando pessoas pobres foram afetadas, foram tiradas de suas casas”, diz ele, antes de concluir. “Não é que não gosto do Brasil. Amo o Brasil e as pessoas, é um lugar incrível. Só não gostaria de ver a Copa sendo realizada aí.”

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.