14/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Unilever bate Sesi, é campeão e mantém hegemonia na Superliga feminina

3 min read

DoZigzagdoesporte Por ESPN.com.br.

Divulgação

Unilever foi campeão da Superliga de novo
Unilever foi campeão da Superliga de novo

Diante de um ginásio do Maracanãzinho lotado, o Unilever-RJ, atuando em casa e com a maioria da torcida, pouco deu chances ao Sesi-SP e ganhou o título da Superliga Feminina de Vôlei da temporada 2013-14.

O time carioca, comandado pelo técnico da seleção brasileira masculina, Bernardinho, venceu as paulistanas na final da manhã deste domingo disputada em jogo único por 3 sets a 1, parciais de 21-11, 21-12, 13-21 e 21-16.

Divulgação

Bernardinho ganhou mais um título da Superliga
Bernardinho ganhou mais um título da Superliga

Com este resultado, o Unilever, que participou de todas as cinco últimas finais da Superliga, ganha seu terceiro título nos últimos cinco anos na competição nacional.

A final entre paulistas e cariocas é historicamente a mais comum na história do principal torneio de voleibol feminino do país. Agora, o estado do Rio de Janeiro empata com São Paulo com 16 títulos cada. O terceiro estado mais vencedor da Superliga feminina, Minas Gerais, tem apenas dois títulos, sendo que o último foi em 2002.

Responsável por 14 tentos, a jovem Gabi foi a principal pontuadora da decisão do título. Mihajlovic, Juciely e Carol marcaram os mesmos nove pontos para a Unilever. Do outro lado da quadra, Fabiana e Dayse anotaram 10 tentos para o Sesi-SP, um a mais que Pri Daroit. Aos 44 anos, Fofão ganhou o prêmio de melhor jogadora da partida.

Superior no início da partida, a Unilever abriu cinco pontos (11/6) em um ataque da sérvia Mihajlovic. Com um ace da levantadora Fofão, o time da casa foi para a segunda parada técnica com 14/6 no placar. A equipe seguiu melhor até o final e venceu o primeiro set por 21/11.

Na segunda parcial, contando com erros do adversário, a Unilever abriu 17/11. Quando o placar foi para 18/12, o técnico Talmo de Oliveira pediu tempo. A ponteira Amanda entrou para sacar e fez 19/12 com um ace. Com mais um ponto de saque da jogadora, o time carioca fechou em 21/12.

O Sesi-SP acordou na volta para o terceiro set e abriu 7/1 no primeiro tempo técnico. Bernardinho colocou Régis no lugar Mihajlovic, mas a Unilever seguiu com dificuldade na recepção e o time paulista fez 14/4. A equipe administrou a vantagem e venceu por 21/13.

A Unilever voltou a jogar bem no início do quarto set e fez 6/1. Com uma boa sequência de saques da ponteira Pri Daroit, o time paulista chegou a diminuir a vantagem (10/7), mas não conseguiu impedir o triunfo da equipe carioca rumo ao nono título nacional de sua história.

Os integrantes da chamada “Geração de Prata”, premiados com a segunda colocação nos Jogos Olímpicos-1984, foram homenageados pelo aniversário de 30 anos do feito. Os ex-jogadores lembraram o narrador Luciano do Valle, falecido no final de semana passado.

 

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.