15/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Em Curitiba, Barrichello faz o básico e volta a conquistar um título após 23 anos.

2 min read

Do Zigzagdoesporte.com.br por ESPN.com.br.

David Coulthard, Gil de Ferran, Jordi Gené. Em 1991, Rubens Barrichello teve esse rivais na Fórmula 3 Britânica, quando conquistou o então último título da carreira.

Neste domingo, 30 de novembro, 23 anos depois, Rubinho pode finalmente comemorar outra taça. Em Curitiba, na última etapa do campeonato – e com pontuação dobrada -, o piloto de 43 anos chegou na terceira posição e levou, assim, o título da Stock Car.

Largando da pole position, ele caiu para a quarta posição ainda na primeira volta (o que já lhe garantiria a conquista sem depender de qualquer outro resultado), mas se recuperou durante a corrida e subiu ao pódio. A vitória ficou com Daniel Serra, seguido por Átila Abreu – o último ainda brigava pelo título.

“Só agora o Brasil começou a me conhecer, e estou amando estar em meu país, em frente ao público tão emocionante. Minha equipe é perfeita, eles estão melhorando a todo momento”, afirmou o experiente competidor.

Assim, Barrichello chegou aos 232 pontos, com Átila em segundo, 219,5 pontos. Em sua campanha, o ex-Jordan, Stewart, Ferrari, Williams e Sauber ganhou duas etapas (Cascavel e Corrida do Milhão), seis pódios e dez vezes no top 5.

Desde 1991, Rubinho passou pela F-3000, F-1 e Indy, mas sem levar os campeonatos. O mais perto que chegou foi com os dois vice-campeonatos na Fórmula 1 em 2002 e 2004, sendo superado por Michael Schumacher na Ferrari.

DIVULGAÇÃO

Rubens Barrichello volta a ser campeão na carreira após 23 anos
Rubens Barrichello volta a ser campeão na carreira após 23 anos

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.