20/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Após desmaio, Barão adota estilo ‘samurai’ e muda corte de peso: ‘Faltam dois quilinhos’. Entenda o fato.

2 min read

Chegou o dia da pesagem. Na cabeça dos fãs de Renan Barão, a primeira dúvida é: "Ele vai conseguir bater o peso?". A preocupação é natural. Afinal, será a primeira pesagem oficial do brasileiro depois de desmaiar antes do UFC 177, no final de agosto.

André Linares, Gustavo Setti e Igor Resende, de São Paulo, para o ESPN.com.br.

GAZETA PRESS

Renan Barão, durante treino aberto ao público na última quinta-feira
Renan Barão, durante treino aberto ao público na última quinta-feira

Chegou o dia da pesagem. Na cabeça dos fãs de Renan Barão, a primeira dúvida é: “Ele vai conseguir bater o peso?”. A preocupação é natural. Afinal, será a primeira pesagem oficial do brasileiro depois de desmaiar antes do UFC 177, no final de agosto. Porém, quase quatro meses depois, o ex-campeão do peso galo diz que mudou.

No dia 29 de agosto, Barão passou mal antes da pesagem para o evento em que teria a revanche contra TJ Dillashaw, o norte-americano que o venceu em maio e se tornou o novo campeão da categoria.

Uma semana antes da luta em agosto, Barão precisava emagrecer 10 kg. Na manhã do dia da pesagem, ele estava 2,25 kg acima do limite da categoria, de acordo com seu treinador, Dedé Pederneiras. Quando faltava 1,1 kg, ele desmaiou, a cerca de duas horas para o começo da pesagem.

Agora, o adversário de Barão no UFC Barueri, que acontece no próximo sábado, é o canadense Mitch Gagnon. O novo Barão mudou. A começar pelo cabelo. Acostumado a raspar a cabeça e lutar careca, o brasileiro agora manteve o cabelo.

“Agora é o estilo samurai, vai ser o cabelo moicano”, afirmou.

Na última quinta-feira, durante o treino aberto do evento, Barão falou o quanto faltava para bater os 61,2 kg do peso galo. “Mudou a alimentação, treinei bem mais leve. Faltam dois quilinhos, estou muito bem, e amanhã vou estar no peso, se Deus quiser”, disse.

Enquanto perde os “dois quilinhos”, o brasileiro nem pensa mais no trauma com sua última pesagem do UFC.

“É uma página fora do livro, vamos virar aquela página e fazer a história. Estou sendo acompanhado diariamente por nutricionista, estou baixando bem o peso, está dando tudo certo”, afirmou.

Sobre o adversário, Barão mostrou respeito por Gagnon. “Não tem pressão nenhuma para mim. Eu treinei para lutar como se fosse contra o melhor do mundo. Ele não é um cara muito conhecido, mas vem de grandes finalizações, e estou bem preparado. Não ligo muito para o ranking, não é um cara muito conhecido, mas é um cara duro”, disse.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.