21/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Sem sustos, Real vence San Lorenzo, conquista o Mundial e completa coleção de troféus; confira como foi a quarta conquista merengue.

4 min read

Do Zigzagdoesporte.com.br por ESPN.com.br.

Foi um jogo duro, mas sem sustos para o favorito. Com gols de Sergio Ramos e Gareth Bale, o Real Madrid superou a marcação do San Lorenzo, venceu por 2 a 0, e conquistou o título do Mundial de Clubes da Fifa, neste sábado, no Grand Stade de Marrakech, no Marrocos.
Foi um jogo duro, mas sem sustos para o favorito. Com gols de Sergio Ramos e Gareth Bale, o Real Madrid superou a marcação do San Lorenzo, venceu por 2 a 0, e conquistou o título do Mundial de Clubes da Fifa, neste sábado, no Grand Stade de Marrakech, no Marrocos.

Foi um jogo duro, mas sem sustos para o favorito. Com gols de Sergio Ramos e Gareth Bale, o Real Madrid superou a marcação do San Lorenzo, venceu por 2 a 0, e conquistou o título do Mundial de Clubes da Fifa, neste sábado, no Grand Stade de Marrakech, no Marrocos.

Com o triunfo, o time espanhol conseguiu o troféu que ainda faltava na sua galeria, completando a sua coleção. O Real foi campeão do Mundial da Fifa pela primeira vez, na 11ª edição do torneio organizado pela entidade. Somando com a Copa Intercontinental, considerado o antigo Mundial de Clubes, o clube conquistou o seu quarto título (1960, 1998, 2002 e 2014), igualando o Milan como o time mais vitorioso da história da competição.

Atual campeão da Champions League, o Real Madrid goleou o Cruz Azul (México), por 4 a 0, na semifinal do Mundial, antes de superar o San Lorenzo na decisão. No confronto entre continentes, a Europa ampliou a vantagem sobre a América do Sul para 7 a 4 nas edições da Fifa. No total, o placar marca 28 a 25 a favor dos europeus.

Com a taça deste sábado, o supertime do Real Madrid, comandado pelo técnico italiano Carlo Ancelotti, termina o ano com quatro títulos. Antes, tinha sido campeão da Champions, da Supercopa da Europa e da Copa do Rei. Autor do primeiro gol na final e na semifinal, Sergio Ramos foi eleito o melhor jogar do campeonato, enquanto Cristiano Ronaldo, que não conseguiu balançar as redes, ficou na segunda posição.

O jogo

Para tentar dificultar a vida do favorito Real Madrid, o San Lorenzo segurou o jogo cometendo muitas faltas desde o início. Com 16 minutos de jogos, o time argentino já tinha recebido dois cartões amarelos. Primeiro, Ortigoza deixou o pé em Sergio Ramos, discutiu com o espanhol e foi punido. Depois, Barrientos reclamou demais após Yepes derrubar Bale.

Apesar da superioridade técnica e do domínio da posse de bola, o Real encontrou problemas para sair da forte marcação e da catimba sul-americana. Com isso, criou poucas chances de gol no primeiro tempo. Nas poucas vezes que chegou com perigo perto do gol, Benzema não conseguiu finalizar bem e Bale chutou fraco nas mãos do goleiro Torrico.

GETTY

Sergio Ramos cabeceia bola na área durante final do Mundial
Sergio Ramos cabeceia bola na área durante final do Mundial

A partida dura também rendeu cartões amarelos para Sergio Ramos e Carvajal, mas o San Lorenzo praticamente não chegou ao campo de ataque e pouco ameaçou o goleiro Casillas

Se por baixo estava difícil, foi pelo alto que os merengues conseguiram abrir o placar. Aos 36 minutos, após cobrança de escanteio de Tono Kroos, Sergio Ramos cabeceou para as redes. Ainda antes do intervalo, o lateral brasileiro Marcelo saiu machucado para a entrada de Fábio Coentrão.

GETTY

Jogadores do Real Madrid comemoram gol de Bale
Jogadores do Real comemoram gol de Bale

Na segunda etapa, logo aos 5 minutos, Gareth Bale recebeu completamente livre na área, chutou para o gol e Torrico deixou a bola passar por baixo dos braços, tomando um “frango” incrível: 2 a 0 Real.

Com a vantagem no marcador e o duelo quase definido, os campeões da Europa deram um pouco mais de espaços para o San Lorenzo, que finalmente conseguiu produzir algo ofensivamente. Verón e Kainski até tiveram oportunidades, mas mesmo assim o Real Madrid teve mais chances e por pouco não ampliou.

Mas Benzema desperdiçou, e Cristiano Ronaldo parou nas mãos de Torrico em uma cabeçada. O craque português insistiu, mas passou em branco e terminou o Mundial sem fazer gol nas duas partidas disputadas. Com o apito final, festa dos milhares de fãs marroquinos do Real, cantos e muito barulho de reconhecimento do esforço por parte dos torcedores do San Lorenzo, e a taça que faltava na coleção dos merengues foi conquistada.

FICHA TÉCNICA
REAL MADRID 2 X 0 SAN LORENZO

Local: Le Grand Stade de Marrakech, em Marrakech (Marrocos)
Data: 20 de dezembro de 2014, sábado
Horário: 17h30 (de Brasília)
Árbitro: Walter Lopez (Guatemala)
Assistentes: Leonel Leal (Costa Rica) e Gerson Lopez (Guatemala)
Cartões amarelos: Sergio Ramos e Carvajal (Real Madrid); Ortigoza, Barrientos, Buffarini e Kannemann (San Lorenzo)
Gols: 
REAL MADRID: Sergio Ramos, aos 36 minutos do primeiro tempo; Bale, aos cinco minutos do segundo tempo

REAL MADRID: Casillas; Carvajal (Arbeloa), Sergio Ramos (Varane), Pepe e Marcelo (Fábio Coentrão); Kross, Isco e James Rodríguez; Bale, Cristiano Ronaldo e Benzema
Técnico: Carlo Ancelotti

SAN LORENZO: Torrico; Buffarini, Kannemann, Yepes (Cetto) e Más; Mercier, Gonzalo Verón, Néstor Ortigoza e Kalinski (Romagnoli); Cauteruccio (Manuel Matos) e Barrientos
Técnico: Edgardo Bauza

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.