14/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Vitória fecha com Claudinei Oliveira após negativas e contenção de custos; confira.

2 min read

André Uzêda DO UOL, em Salvador.

  • Gustavo Oliveira/Site Oficial do Atlético-PR

O Vitória buscou Gilson Kleina, Ricardo Gomes e Adilson Batista. Colocou o interino Carlos Amadeu para comandar o grupo. E, quando parecia que o provisório se tornaria permanente, Claudinei Oliveira foi anunciado ocupar o cargo deixado por Ricardo  Drubscky.

O anúncio foi feito no site oficial do Vitória nesta terça-feira (17), uma semana após a demissão do ex-técnico mineiro.

Ainda segundo o site, Claudinei desembarca nesta quarta-feira em Salvador e só assume o clube após o jogo contra o Confiança, também na quarta, no Barradão.
A partida é válida pela Copa do Nordeste e o Vitória já está classificado e com a liderança do grupo assegurada.

Claudinei tem 45 anos e até domingo estava à frente de um outro rubro-negro. Há dois dias ele foi demitido do Atlético-PR, após resultados ruins no Campeonato Paranaense. Lá, por opção da diretoria, o Furacão tem jogado com o time do su-23.

“Ele tem o perfil que buscávamos. É jovem, promissor e tem mostrado bons trabalhos em outras equipes. Os outros nomes que sondamos não se encaixaram na realidade financeira do Vitória”, disse o vice-presidente do Leão, Epifânio Carneiro.

Claudinei iniciou sua carreira de treinador no Santos, onde comandava o time sub-15 e sub-17 do Peixe. Com a saída de Muricy Ramalho, ele ficou encarregado da equipe principal. Depois passou por Goiás, Paraná e Atlético-PR.

Como técnico do Santos, Claudinei disputou 38 jogos, venceu 14, empatou 12 e perdeu outras 12. No Goiás, ganhou 11 e empatou seis e perdeu cinco. Já pelo Atlético-PR foram nove triunfos e três empates em 20 jogos.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.