16/06/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Contra o Botafogo, Rogério Ceni vai superar Pelé e pode dar adeus ao Morumbi

3 min read

Rogério Ceni comemora.

Do ZigZag do Esporte/Rogério Ceni.

Getty

Rogério Ceni soca o ar: imagem eternizada nas comemorações de Pelé. Hoje, goleiro iguala o Rei em jogos pelo São Paulo
Jogo que fará Rogério Ceni superar Pelé pode também ser o de seus adeus ao Morumbi 

Às 19h30 (de Brasília) deste domingo, Rogério Ceni poderá subir ao gramado do Morumbi para sua última partida no estádio. Depois de enfrentar o Botafogo – e quebrar recorde de jogos de Pelé -, o goleiro são-paulino teria mais um compromisso em casa no Campeonato Brasileiro, mas o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) aplicou punição, e o clube perdeu o mando de campo do confronto com o Coritiba.
Por conta de incidentes entre torcedores e policiais militares em clássico contra o Corinthians, o clube foi punido com a perda de mando de campo em quatro partidas e, até agora, cumpriu apenas uma, já que, em seguida, obteve efeito suspensivo. Como o recurso foi julgado a tempo, o duelo de encerramento no Brasileirão não será no Morumbi.

Há outra possibilidade, porém, de adiar o adeus ao estádio. Para isso, é preciso eliminar a Ponte Preta na semifinal da Copa Sul-Americana, na próxima quarta-feira, como visitante. Uma missão também muito difícil, já que, no primeiro encontro, o São Paulo foi derrotado por 3 a 1 e agora precisa vencer por três gols de diferença – ou dois, desde que faça mais como visitante do que fez a equipe de Campinas.

Com tantas incertezas, incluindo a se Ceni renovará ou não seu contrato (válido até o fim de dezembro), o melhor a se fazer é tirar proveito do Morumbi no domingo. O problema é que, nesta temporada, o estádio não tem sido tão determinante para vitórias são-paulinas como antigamente. Em 2013, já foram 12 derrotas (sete no Brasileiro, uma na Sul-americana, uma na Recopa Sul-americana, uma na Libertadores e duas no Paulista).

“Sei que é nossa casa e, diante da nossa torcida, temos que ter um aproveitamento bom. O importante é que, em compensação, temos conseguido jogar bem fora de casa. Sabemos que temos melhorar e certamente vamos melhorar no ano que vem”, disse o volante Rodrigo Caio, que tem atuado como zagueiro e, na opinião de Ceni, pode assumir a braçadeira de capitão no futuro.

Enquanto ainda exerce a função de líder do elenco, o goleiro vai completar neste domingo sua 1.117ª atuação com a camisa tricolor, superando marca de Pelé pelo Santos. Na quarta-feira, quando igualou o recorde na derrota para a Ponte Preta, a diretoria não preparou nenhuma ação em virtude do caráter decisivo do confronto. Desta vez, no entanto, o feito do ídolo será lembrado.

 

Fonte: ESPN.com.br com Gazeta Press

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.