19/05/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Brasil não vai bem e fica apenas com um 5º lugar no 2º dia do Grand Slam de judô em Tóquio

2 min read

Mariana Barros foi a melhor brasileira, mas ficou só com um quinto lugar.

Do ZigZag do Esporte/Grand Slam de judô em Tóquio.

Getty

Mariana Barros foi a melhor brasileira, mas ficou só com um quinto lugar
Mariana Barros foi a melhor brasileira, mas ficou só com um quinto lugar

Ao contrário do que aconteceu na sexta-feira, quando o Brasil encerrou o primeiro dia de competições com três medalhas, os atletas que subiram ao tatame neste sábado não conseguiram repetir o desempenho e não chegaram ao pódio do Grand Slam de Tóquio, no Japão.Entre os seis judocas que representaram o País, quem teve o melhor resultado foi a meio-médio Mariana Barros, que terminou na quinta colocação após perder a disputa pelo bronze para a coreana Da-Woon Juong.

A também meio-médio Katherine Campos e o leve Alex Pombo foram eliminados na final da repescagem e acabaram apenas com a sétima colocação.

Enquanto isso, outros três brasileiros não conseguiram passar ao menos pela estreia. Marcelo Contini (73kg) perdeu para o russo Dmitriy Yartsev, Maria Portela foi derrotada pela também russa Irina Gazieva e Nadia Merli não resistiu à japonesa Haruka Tachimoto.

Neste domingo, o Brasil seguirá em busca de novas medalhas sendo representado pelos médios Eduardo Santos e Eduardo Bettoni, os meio-pesados Renan Nunes e Rafael Buzzacarini e os pesados Rafael Silva, David Moura, Maria Suellen Altheman e Rochelle Nunes.

Até o momento, os brasileiros acumulam três medalhas na competição, sendo duas de prata e uma de bronze. Enquanto isso, o Japão, melhor país no torneio, conquistou as nove medalhas de ouros em nove categorias disputadas.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.