04/03/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Com ‘carreira perfeita’, Bellucci não vai para frente

2 min read

Bellucci perdeu nove seguidas

Do ZigZag do Esporte

Tênis.

Muitos atletas brasileiros reclamam que a falta de estrutura e patrocínios são os maiores empecilhos que os impedem de conseguir sucesso nas suas respectivas modalidades. No entanto, esse motivo não pode ser alegado pelo principal tenista em simples do país na atualidade.

Número 1 do Brasil e 118 no ranking da ATP, Thomaz Bellucci teve seus momentos de brilho, chegou a vencer tops como Andy Murray e Tomas Berdych, foi número 21 do mundo, mas nunca conseguiu se estabilizar e dar um “passo à frente” no circuito para se tornar um dos melhores tenistas do planeta.

Hoje em dia, o paulista de 25 anos vive em péssima fase. Bellucci saiu do Top 100 há mais de dois meses, vem lutando contra uma lesão no ombro e perdeu todas as suas últimas nove partidas no tênis profissional.

A falta de estrutura e patrocínios não podem ser tidas como empecilhos para o brasileiro. Isso porque Bellucci deixa outros atletas com inveja somente por seu apoio.

Thomaz Bellucci assinou com a IMX neste ano. A agência é uma das mais famosas do mundo do esporte e cuida da carreira de estrelas como Neymar, Zico, Rafael Nadal, Novak Djokovic e Maria Sharapova.

O brasileiro é patrocinado pela Adidas, uma das marcas líder do mercado de fornecedores esportivos e que no tênis tem nomes como Andy Murray, Jo-Wilfried Tsonga e Carolina Wozniacki, todos Top 10 nos seus respectivos rankings de simples.

Bellucci utiliza praticamente desde que despontou no circuito raquetes da Wilson, que patrocina, além do brasileiro, Roger Federer, Serena Williams, Victoria Azarenka e também teve o lendário Pete Sampras como seu cliente em décadas passadas.

Fora isso, o brasileiro não pode reclamar da estrutura que tem para treinar. Através da IMX, ele foi chamado há cerca de 3 meses para praticar na academia IMG, na Flórida, que pertence a Nick Bollettieri, responsável por revelar estrelas como Andre Agassi, Maria Sharapova, Jim Courier, e as irmãs Williams.

O atual número 118 do mundo já foi treinado também por uma temporada por Larri Passos, mentor de Gustavo Kuerten durante sua carreira. Nesta semana, o brasileiro rompeu com o técnico argentino Daniel Orsanic, o seu terceiro nos últimos quatro anos.

 

Fonte: espn.com.br

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.