21/02/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Gaúcho é expulso e Atlético-MG vence time de Conca com gol nos acréscimos

4 min read

O Atlético-MG evitou um vexame ainda maior no Mundial de Clubes ao vencer o Guangzhou Evergrande por 3 a 2, neste sábado, em Marrakech (Marrocos), com um gol do reserva Luan nos acréscimos. O time mineiro jogou mal novamente, foi dominado pelos chineses em grande parte do jogo e teve em Victor o grande destaque do jogo. Para dar um tom ainda mais melancólico ao duelo, Ronaldinho Gaúcho foi expulso após agredir um adversário aos 40min da etapa final.

A equipe mineira mais uma vez decepcionou seu torcedor. Com muitas falhas defensivas, coube ao goleiro Victor evitar uma derrota. Apesar de deixar sua marca, Gaúcho foi a grande decepção. Apareceu pouco para o jogo, não comandou o time e ainda levou o vermelho.

A melancolia tomou conta do estádio de Marrakech. A festa antes do último jogo deu lugar à frustração, à consternação. Se muitos preferiram voltar para casa mais cedo, outros engoliram a decepção de três dias atrás para permanecer ao lado time.

O início até foi um consolo para o atleticano, mesmo daqueles que não adiantam muita coisa. Mais calmo, Marcos Rocha colocou a cabeça no lugar e cruzou para Diego Tardelli fazer o seu. Uma faísca de alegria aos 2min. Até a torcida do Raja se rendeu aos mineiros e soltou o grito para ajudar. ‘Ohh Atlético Mineiro, ohh Atlético Mineiro’.

Mas a herança da derrota ainda estava lá e vai demorar para ir embora. A defesa voltou a repetir as lambanças. Réver, Leonardo Silva e Lucas Cândido batiam cabeça a cada investida do time chinês, que se lançava cada vez mais ao ataque ao ver que o adversário não mostrava reação.

Aos 8min, Elkeson acertou o travessão de Victor e Muriqui bateu bonito no rebote para igualar. Foi o que faltava para o torcedor mineiro passar a vaiar a equipe, com mais força sempre que o lateral Marcos Rocha pegava na bola.

A partida seguiu aberta como se ambos não tivessem nada a perder. Não tinham mesmo. Mas o Atlético falhava e insistia em uma linha de impedimento daquelas bem burras. Lucas Cândido cometeu pênalti bobo. Conca cobrou com tranquilidade sem chances para aparecer um ‘São Victor’.

Se não conseguiu defender o pênalti, o goleiro atleticano teve que se desdobrar para impedir uma goleada. Abalado, o Galo não dava sinais de reação e Victor fez pelo menos, três grandes defesas.

As vaias tiveram uma pausa aos 45min, quando Ronaldinho Gaúcho bateu com categoria uma falta e empatou a partida. Idolatrado pelos marroquinos, que começavam a chegar ao estádio para a final com o Bayern, o meia comemorou o tento sambando.

Na saída para o vestiário, porém, os aplausos deram lugar aos gritos de raça e vergonha.

Ampliar

A parada para o intervalo não serviu para Cuca acertar a defesa. O setor seguia falhando demais e o Guangzhou não tomou a frente porque a pontaria não estava em dia e Victor seguia trabalhando muito.

O Atlético-MG só reagiu após a entrada de Luan no lugar de Jô. O atacante deu mais velocidade ao time e abriu espaços. Aos 24min, Ronaldinho quase virou, mas Kim tirou em cima da linha.

A partida ficou ainda mais aberta com a proximidade do fim e o Guangzhou parou em novo milagre de Victor, grande destaque do time.

Como diz o ditado, a situação do Atlético ficou ainda pior quando Ronaldinho reagiu após receber uma falta e acertou um chute em Zhao Xuri. Cartão vermelho para o camisa 10, mas a torcida defendeu o craque e vaiou o árbitro.

Mas em um contra-ataque inesperado, Luan foi lançado e livre, escolheu o canto para dar a vitória para o time brasileiro e evitar um vexame ainda maior no Mundial de Clubes.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 3 x 2 GUANGZHOU EVERGRANDE

Data: 21/12/13

Local: Estádio de Marrakech, em Marrakech (Marrocos)

Árbitro: Alireza Faghani (IRN)

Assistentes: Hassan Kamranifar (IRN) e Reza Sokhandan (IRN)

Cartões amarelos: Lucas Cândido e Réver (Atlético-MG) e Sun Xiang (Guangzhou Evergrande)

Cartão vermelho: Ronaldinho Gaúcho (Atlético-MG)

Gols: Diego Tardelli (2min do primeiro tempo), Ronaldinho Gaúcho (45min do primeiro tempo) e Luan (45min do primeiro tempo) para o Atlético-MG; Muriqui (aos 8min do primeiro tempo) e Conca (15min do primeiro tempo) para o Guangzhou Evergrande.

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Lucas Cândido (Júnior César); Pierre, Josué (Leandro Donizete), Tardelli e Ronaldinho; Fernandinho e Jô (Luan). Técnico: Cuca

GUANGZHOU: Shuai Li; Zhang Linpeng, Feng Xiaoting, Kim Younggwon e Sun Xiang (Hao Rong); Lin Gao, Zhi Zheng ( Xuri Zhao), Huang Bowen e Conca; Elkeson (Junyan Feng) e Muriqui. Técnico: Marcello Lippi

 

Fonte: UolEsportes

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.