22/05/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Weidman é eleito o melhor do ano no ‘Oscar do MMA’; Belfort leva ‘prêmio de consolação’

4 min read

Não teve zebra: Chris Weidman foi eleito o melhor lutador do ano no MMA Awards, o ‘Oscar do MMA’. As duas vitórias sobre Anderson Silva deram credenciais mais que suficientes para que o norte-americano ficasse com a principal estatueta da premiação oferecida pela revista inglesa Fighters Only.

O único brasileiro na disputa para o prêmio de melhor lutador do ano era Vitor Belfort, justamente o próximo desafiante do cinturão dos pesos médios, agora em mãos de Weidman. Mas apesar da derrota na eleição principal, Belfort não saiu de mãos vazias. O brasileiro acabou conquistando a estatueta pelo melhor nocaute do ano, fruto do chute rodado que aplicou em Luke Rockhold no UFC Jaraguá do Sul.

E, curiosamente, Vitor precisou dar o troco em Weidman para ficar com o prêmio. O norte-americano também concorria na categoria por conta do nocaute que abalou o mundo no primeiro duelo contra Anderson Silva.

Veja como foi o impressionante nocaute de Vitor Belfort sobre Luke Rockhold no UFC Santa Catarina

O Brasil ainda tinha a forte expectativa de abocanhar mais dois prêmios na madrugada deste sábado, mas ainda não foi desta vez que André Pederneiras teve o seu trabalho reconhecido pelo MMA Awards. Treinador dono de nada menos que dois cinturões do UFC – José Aldo e Renan Barão -, ele concorria a melhor técnico e a melhor academia (Nova União) do ano. Em ambas, porém, acabou superado pela principal rival. A Team Alpha Male de Urijah Faber e Chad Mendes levou a estatueta de melhor academia, e Duane Ludwig ficou com o prêmio de melhor treinador.

Entre os outros prêmios importantes da noite, Alexander Gustafsson ficou com a estatueta de melhor lutador internacional e também levou para casa e de melhor luta do ano por conta do combate com Jon Jones. Travis Browne, próximo rival de Fabrício Werdum, ficou com dois prêmios: revelação e reviravolta, por conta do nocaute espírita que conseguiu na luta contra Alistair Overeem.

Entre as curiosidades, duas quebras de tabu. Pela primeira vez em seis anos Arianny Celeste não foi eleita a melhor ring girl. Ela acabou derrotada pela colega Brittney Palmer. Já Chael Sonnen começou a aparecer mais como comentarista e desbancou Joe Roegan do papel de celebridade do mundo do MMA.

Veja abaixo todos os ganhadores (em negrito) do ‘Oscar do MMA’:

Lutador do ano
1. Vitor Belfort
2. Urijah Faber
3. Demetrious Johnson
4. Chris Weidman
5. Cain Velasquez

Lutadora do ano
1. Joanne Calderwood
2. Alexis Davis
3. Jessica Eye
4. Holly Holm
5. Ronda Rousey

Revelação do ano
1. Travis Browne

2. TJ Grant
3. Conor McGregor
4. Nick Newell
5. Khabib Nurmagomedov

Melhor lutador internacional do ano
1. Shinya Aoki
2. Alexander Gustafsson
3. Conor McGregor
4. Khabib Nurmagomedov
5. Alexander Shlemenko

Luta do ano
1. Wanderlei Silva x Brian Stann (UFC: Silva x Stann)
2. Michael Chandler x Eddie Alvarez II (Bellator 106)
3. Jon Jones x Alexander Gustafsson (UFC 165)
4. Gilbert Melendez x Diego Sanchez (UFC 166)
5. Mark Hunt x Antônio Pezão (UFC Fight Night 33)

Nocaute do ano
1. Vitor Belfort (contra Luke Rockhold, no UFC: Belfort x Rockhold)

2. Junior Cigano (contra Mark Hunt, no UFC 160)
3. Emanuel Newton (contra King Mo, no Bellator 90)
4. Julio Cesar Morceguinho (contra Dener Dos Santos, no WOCS 28)
5. Chris Weidman (contra Anderson Silva, no UFC 162)

Finalização do ano
1. Olivier Fontaine (contra Sofian Benchohra, no Lyon FC)
2. Josh Burkman (contra Jon Fitch, no WSOF 3)
3. Urijah Faber (contra Ivan Menjivar, no UFC 157)
4. Rose Namajunas (contra Kathina Catron, no Invicta 5)
5. Kenny Robertson (contra Brock Jardine, no UFC 157)

Reviravolta do ano
1. Travis Browne (contra Alistair Overeem, no UFC Fight Night 26)

2. Blagoi Ivanov (na carreira)
3. Robbie Lawler (na carreira)
4. Michelle Waterson (contra Jessica Penne, no Invicta 5)
5. Tom Watson (contra Stanislav Nedkov, no UFC: Barão x McDonald)

Técnico do ano
1. Henri Hooft
2. Duane Ludwig
3. Ray Longo
4. Dedé Pederneiras
5. Duke Roufus

Academia do ano
1. AKA
2. Jackson-Winkeljohn MMA
3. Nova União
4. Roufusport
5. Team Alpha Male

Árbitro do ano
1. Herb Dean
2. Marc Goddard
3. Yves Lavigne
4. John McCarthy
5. Mario Yamasaki

Ring girl do ano
1. Jade Bryce
2. Arianny Celeste
3. Kat Kelley
4. Brittney Palmer
5. Mercedes Terrell

Homem de negócios do ano
1. Victor Cui
2. Lorenzo Fertitta
3. Bjorn Rebney
4. Ray Sefo
5. Dana White

Personalidade do ano
1. Bruce Buffer
2. Kenny Florian
3. Joe Rogan
4. Bas Rutten
5. Chael Sonnen

Melhor organização de MMA do ano
1. Bellator MMA
2. Cage Warriors
3. One FC
4. UFC
5. WSOF

Grife de roupoas
1. Bad Boy
2. Fear the Fighter
3. Headrush
4. Roots of Fight
5. Torque

Roupas para lutas
1. Bad Boy
2. Clinch Gear
3. Hayabusa
4. Jaco
5. Venum

Equipamentos
1. Bad Boy

2. Century
3. Everlast
4. Hayabusa
5. Venum

Veículo de imprensa
1. Inside MMA (AXS TV)
2. MMA Fighting
3. MMA Junkie
4. Sherdog
5. UFC Tonight (Fox Sports 1)

Jornalista
1. Mike Chiappetta (Fox Sports)
2. Gareth A Davies (The Daily Telegraph / Fox Sports)
3. Ben Fowlkes (USA Today / MMA Junkie)
4. Ariel Helwani (MMA Fighting / Fox Sports)
5. John Morgan (USA Today / MMA Junkie)

 

Fonte: Espn

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.