19/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Jogador tem que ter bom xaveco. Saiba como Marquinhos conquistou essa gat

3 min read

DoZigzagdoesporte por UOL Esporte./Belas do Esporte.

Namoradinha do esporte: Carol Cabrino

O casal Carol e Marquinhos gosta de exibir os momentos românticos nas redes sociaisLeia mais Arquivo Pessoal

 

O zagueiro Marquinhos chegou ao PSG como o quarto jogador mais caro de sua posição, após passar por Corinthians e Roma. A fase é boa não só no campo, mas também fora dele. Mas, para isso, ele teve que enfrentar jogo duro da cantora Carol Cabrino, hoje sua noiva. Se existem marias-chuteiras sobrando, ela diz que não foi seu caso e que fez Marquinhos penar e gastar seus xavecos até conquistá-la.

Carol, de 19 anos, tem tentado engrenar sua carreira de cantora, um talento que ela aperfeiçoa desde criança, e atualmente participa do quadro Jovens Talentos, no programa de Raul Gil no SBT. Isso ao mesmo tempo em que já sonha com uma mudança para Paris para ficar com Marquinhos.

 

A distância que atrapalha hoje marcou também o começo do relacionamento entre eles. Marquinhos começou a “investir” em um possível relacionamento com Carol pela internet.

“Ele me achou no Instagram e sempre tentava falar comigo. Curtia fotos, comentava, mas era bem discreto. Um dia ele me adicionou no Facebook e começamos a trocar mensagens, ele veio me dizer que via meus vídeos, acompanhava meu trabalho e gostava de mim como cantora. Viramos amigos e conversa vai, conversa vem, marcamos de nos encontrar quando ele veio para o Brasil. E aí foi amor à primeira vista”, conta Carol, sobre a primeira visão que tiveram um do outro, ao vivo.

Antes deste encontro, no entanto, Carol precisou superar muita desconfiança até ceder, segundo conta.

“No começo, eu nem sabia que era jogador de futebol. Ele era discreto. Mas um dia falou: ‘aqui está muito tarde, eu preciso ir dormir’, e eu não entendi. Foi aí que ele contou que estava em Paris, que era jogador de futebol. Ele queria mostrar que era diferente, que não tinha aquela imagem que se pode ter de outros jogadores”, explicou ela.

“E eu, a princípio, não queria me relacionar com jogadores de futebol. Ele precisou me conquistar mesmo. Porque eu pensava: ‘será que isso não acontece com outras meninas?’. A gente que é mulher se entrega um pouco mais, então tem mais medo de se decepcionar, sofrer. Mas fui pesquisando sobre ele, conversei com amigos e deu certo. Ele é um cara espetacular.”

O Marquinhos canta muito bonitinho. Ele tem amigos com grupo de pagode e sempre toca e canta junto. Ele é superafinado, não dá um errinho. Se ele estudasse, podia virar cantor.

Carol Cabrino, cantora

O primeiro encontro foi no Brasil, quando Marquinhos veio passar o último Natal com a família – rapidamente apresentada à moça. Tudo caminhou rapidamente, então. O namoro começou e já em janeiro ela viajou para acompanhar o zagueiro no PSG

Foi em Paris que Marquinhos começou a mostrar seu lado mais romântico. Logo no primeiro dia, ela teve de esperar até o fim do treino para vê-lo. Em seguida, no entanto, foram jantar fora e, no retorno ao hotel, foi surpreendida.

“Entrei no quarto e tinha uma foto enorme minha na cama, tinha pétalas de rosa por todo o lado, um buquê de flores… Foi chocante, até hoje me emociona de lembrar”, diz ela.

Por enquanto, Carol segue no relacionamento à distância, viajando quando pode, como fez no carnaval. Ela aguarda o desfecho do Jovens Talentos para ver se fatura o título e, a partir daí, planejar seus próximos passos e até uma mudança para Paris, sempre sem largar sua carreira como cantora.

Uma coisa que ela não vai mudar, no entanto, é sua torcida. A santista até está sendo influenciada por Marquinhos a virar corintiana, mas garante que não vai ceder apesar de dizer que é “Marquinhos FC” e hoje torce mais para o PSG do que para o próprio Santos.

 

 

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.